Rencontres d’Arles: festival de fotografia na França

Arles é uma cidade pequena que fica no sul da França, na região de Provence. Sua estrutura arquitetônica retém vestígios dos 5 séculos de ocupação romana – com anfiteatro, arcos, aquedutos e outros monumentos daqueles que a gente esperaria encontrar nas cidades da Itália.

Minha passagem por Arles teve duas fortes motivações. Uma: a busca pela presença de Van Gogh, meu pintor favorito. E outra: o festival de fotografia Rencontres d’Arles, que acontece anualmente, abrigando exposições de fotógrafos franceses e do mundo inteiro, algumas inéditas e outras históricas, além de coletâneas que são verdadeiras antologias de movimentos, artistas e épocas.

Franca - Arles Provence
Arles: França com um leve jeito de Itália

O festival de fotografia em Arles

O evento fez a cidade se tornar uma referência em fotografia na França e no mundo. Nesses 50 anos do festival, Arles passou a sediar institutos importantes como a Escola Nacional Superior de Fotografia e a Motion Picture in Arles (MoPA), primeira escola francesa inteiramente dedicada à computação gráfica e à animação 3D.

O festival Les Rencontres de la Photographie começa nas primeiras semanas de julho (quando concentra a presença dos fotógrafos, palestras, mostras alternativas, festas, leituras de portfólio e outras atividades), mas permanece até fins de setembro.

Festival de Fotografia Arles Franca - Criancas brincando na praca
Crianças brincando entre fotografias na praça

Muitas das exposições são organizadas em parceria com museus e instituições francesas e de outros países do mundo, e são montadas em locais históricos de Arles.

Ingressos e passes para o festival

No primeiro ano em que fui, cheguei em Arles já em agosto e pude ver todas as exposições principais. Os ingressos são meio caros, mas te permitem entrar em todas as mostras. Comprando online com antecedência, você consegue preços melhores.

Rencontres dArles - Exposicoes fotograficas em locais historicos
Exposições fotográficas em locais históricos

Os ingressos da edição deste ano já estão disponíveis para venda: o passe para ser usado ao longo de vários dias está custando 27 euros para estudantes e 35 euros para reles mortais não matriculados em institutos de ensino. O passe de um dia só (o qual eu super não recomendo, porque não dá pra ver tudo correndo) está 23 euros para estudantes e 28 euros para todos os outros.

Em 2017, consegui me organizar para estar lá durante a primeira semana. Fui de carona organizada através do aplicativo Blablacar, desde Milão até Arles, com um grupo de fotógrafos. Tudo mera (mara) coincidência 🙂

Festival de Fotografia Franca - Fotografos em Arles
Fotógrafos no festival em Arles

Eles faziam parte de um coletivo chamado Cesura e estavam lá pra fazer parte da feira de livros independentes que ia acontecer na primeira semana de Festival.

As exposições de fotografia

Os ambientes de exposição estão por toda a cidade. Desde interiores de igrejas até galpões espalhados em uma grande área que parece estar sendo projetada para um cenário futurista pós apocalíptico.

Veja mais dicas de viagem para quem ama fotografia
Rencontres dArles - Exposicoes de fotografia em toda a cidade
Exposições de fotografia em toda a cidade

Muitas pessoas, habitantes ou visitantes, expõem seus trabalhos em galerias e até mesmo nas ruas. Alguns deixam em lambe-lambes e outros ficam ao lado para responder eventuais perguntas ou até mesmo vender suas fotografias.

Dicas para planejar sua viagem

Arles fica realmente lotada – a cidade, que tem 52 mil habitantes, recebe mais de 100 mil pessoas durante o festival. É muito difícil encontrar albergues ou hotéis em cima da hora, tem que fazer reserva com antecedência. Até porque os preços também encarecem bastante.

Franca - Arles 3x4 Cabine de fotos instantaneas photo booth
3×4: Cabine de fotos instantâneas em Arles

Eu tive a sorte de ser aceita por couchsurfers no primeiro ano e por uma amiga brasileira que estava cursando a escola de fotografia, na segunda vez 🙂

Se os restaurantes franceses estiverem caros, recomendo fazer compras nos mercadinhos e nas feiras locais para uma comida fresca e mais em conta. Eu acabei engordando porque comi muito nas boulangeries (quem resiste às padarias francesas?)…

Rencontres dArles - Exposicoes de fotografia Arles Franca
Mostra de fotografia no evento em Arles

Outra dica é que na primeira semana, em que a programação do festival é cheia de atividades pela cidade, há sempre alguma vernissage ao ar livre, com vinhos e alguns belisquetes para os visitantes!

O que fazer em Arles

A cidade é pequena e fácil de circular. Por mais que as manhãs de verão possam ser quentes, o clima ameno à noite é um convite perfeito pra fazer caminhadas ao longo do rio. Para conhecer as heranças romanas, é possível visitar o anfiteatro – que continua sendo usado ativamente até hoje, abrigando touradas semanais.

Encontre tours e passeios em Arles e na região de Provence
Franca - Arles Heranca Romana
Herança romana em Arles, na França

Arles concentra também atividades culturais, de música e cinema. É lá a sede da famosa e respeitada editora Actes Sud, que possui uma livraria linda e salas de cinema que estão sempre projetando o melhor do cinema mundial.

E, claro, para quem gosta de arte como eu, vale a pena conhecer a Fundação Van Gogh e outros passeios inspirados no pintor que viveu em Arles em 1888.

A Provence de Cézanne e um dia em Avignon
Gorges du Verdon e a fábrica da L’Occitane en Provence