Dei a sorte de assistir, por acaso na TV, o filme “Férias em Roma” logo antes de viajar para a Itália. Para mim, esse é o título porque eu estava morando em Portugal na época, mas depois descobri que no Brasil o filme se chamava “A princesa e o plebeu”. De qualquer forma… É um filme de 1953 com Gregory Peck e a eterna bonequinha Audrey Hepburn.

Roma - Audrey Hepburn e Gregory Peck andando de Vespa no filme Roman Holiday

Ela é a princesa Ann, que em meio a uma viagem oficial pela Europa, resolve dar uma “escapada” da comitiva e conhece um plebeu galã em Roma que a leva para passear no melhor estilo “Curtindo a vida adoidado”. Ele é um repórter que se aproxima dela em busca de um “furo” jornalístico mas depois se apaixona e coisa e tal (quantos filmes assim surgiram depois desse?). Com a viagem marcada, o que mais me divertiu foi vê-la experimentando as pequenas coisas da vida pela cidade.

Essa cena aqui, na Boca della Verità, me fez ir atrás da Chiesa di Santa Maria in Cosmedin – uma igreja medieval do século VIII, super bem preservada, que abriga essa curiosa escultura de mármore. Reza a lenda que “a boca da verdade” morde a mão dos mentirosos, então a brincadeira é chegar lá e fazer o teste.

Na praça em frente à igreja, estão dois pequenos templos, que você pode aproveitar para dar uma olhada: o Tempio di Ecole Vincitore (Temple of Hercules Victor) e o Tempio di Portunus (também conhecido como Temple of Fortuna Virilis). Um pouco mais à esquerda, está o Arco di Giano (Arch of Janus), um arco de quatro lados que no século IV cobria um cruzamento de vias. Roma é assim mesmo, tem ruínas históricas para todo lado.

Se passar pela região entre a Piazza di Spagnia e a Piazza del Popolo, observe as galerias de arte e as ruas ao redor sabendo que não apenas o personagem de Gregory Peck morava por ali, mas também o diretor ícone do cinema italiano, Federico Fellini.

Roma - Scalinata tambem conhecida como Spanish StepsÉ na Piazza di Spagnia que fica a Scalinata (também conhecida como “Spanish Steps”), a escadaria mais larga da Europa, onde Ann e Gregory conversam em certa parte do filme. A qualquer hora do dia, encontram-se ali muitos jovens sentados nos degraus lendo ou conversando. No alto de seus 138 degraus, fica a igreja da Trinità dei Monti.

Em outra cena, a princesa resolve cortar o cabelo e vai a um salão perto da Fontana di Trevi, onde hoje fica uma loja de artigos religiosos. Ali, não deixe de jogar uma moeda, de costas para a fonte, por cima do ombro esquerdo. Dizem que dá sorte e uma oportunidade de voltar a Roma ao menos mais uma vez na vida.

Roma - Fontana di TreviAcontece que, quando fui ver a Fontana di Trevi, ela estava sendo esvaziada para limpeza (li que as moedas recolhidas são doadas para manter um supermercado popular). Valeu a pena voltar depois e ver a fonte cheia d’água, linda e grandiosa.

Preciso comentar que, quando via fotos dos outros, eu tinha a impressão de que havia uma larga praça em torno da Fontana di Trevi… Mas a verdade é que ela fica entre quarteirões cheios de prédios e chega a ser um pouco difícil enquadrar toda a fonte em uma foto (ainda mais com aquele monte de turistas em volta).

Agora, se você quiser reviver uma das cenas mais memoráveis do cinema dos anos 50 e dar uma volta por Roma a bordo de uma clássica Vespa, o jeito é procurar agências como a Bici & Baci ou a Happy Rent, que prometem um tour nesse estilo vintage. Depois que a princesa Ann saltou para cima da pequena moto e saiu desgovernada pelas ruas da cidade, a marca Vespa ganhou fama no mundo todo.

O país de origem da Princess Ann não é mencionado, mas dizem os boatos que a personagem foi inspirada na princesa Margaret, irmã mais nova da Rainha Elizabeth, da Inglaterra. Parece que ela sabe aproveitar uma viagem!

Leia também:
>> A viagem do filme Caçadores de Obras Primas, de George Clooney
>> Bergamo, uma pequena cidade medieval na Itália

Share

19 Comentários

  1. Fernanda, eu adorei o seu blog 🙂
    Viajar é bom demais, não é?? E cinema, quando o filme é bom, é nota 10!!! Gosto muito dos filmes da Audrey e esse de Roma é bem simpático.
    Sua foto da Praça da Espanha dá para ser usada, também, num post do filme do Woody Allen: Para Roma, Com Amor.
    Vamos mantendo contato.
    Grande abraço.

  2. Vc Sabe me dizer Qual o nome do palacio onde a princesa fica hospedada ?Ela diz que é o coliseu ,mas o coliseu não é onde aconteciam as lutas ,onde eles fizeram um passeio ?

  3. Oi, Flávia! O Coliseu é um anfiteatro romano. Eles vão passear lá, mas não é onde ela fica hospedada.

    As cenas anteriores à fuga da princesa foram filmadas em duas locações. Os suntuosos cômodos onde Ann dorme são no Palazzo Brancaccio (onde até hoje são realizados eventos e casamentos de luxo) mas acho que não dá pra ver quase nada do lado de fora…

    A fachada que aparece no filme é do Palazzo Barberini (via Margutta 51), que hoje abriga a Galeria Nacional de Arte Antiga. Esse acho que dá pra visitar!

  4. Eu estive lá, Roma é maravilhosa, voltei encantada com tanta beleza, visitei todos os lugares mencionados no filme. Há muitos anos quando vi esse filme prometi a mim mesma que um dia eu iria conhecer esse lugar, estou maravilhada até hoje. Quem puder e ter oportunidade, não deixem de conhecer a linda, maravilhosa Roma. Vocês vão ficar apaixonados como eu fiquei. Ano que vem estarei de volta a Roma.

Exibir Comentários

Deixe uma resposta

Close