O que levar na mala para o Sudeste Asiático

O Sudeste Asiático tem cenários belíssimos e oferece experiências inesquecíveis aos viajantes que se aventuram por lá. Mas um roteiro pela região invariavelmente nos leva a locais onde a infraestrutura não é muito boa e alguns cuidados com a saúde nunca são demais.

Se você também está indo explorar os templos budistas, as praias e os rios da Ásia, anote aí o que levar na mala. As dicas são particularmente importantes para o Laos, país essencialmente rural e o menos desenvolvido entre os que visitamos, mas valem também para a Tailândia, o Camboja e o Vietnã.

Sudeste Asiatico - Monges a margem do rio Mekong
Monges à margem do rio Mekong, no Laos

• Remédio para enjoo: provavelmente você andará de barco em algum trecho da viagem, pois a região usa muito seus rios. Além disso, as estradas são sinuosas e esburacadas, especialmente no Laos.

• Kit de primeiros socorros: como você viu no post sobre Vang Vieng, pode ser difícil encontrar atendimento médico em algumas cidades mais afastadas das capitais. É bom levar alguns itens para curativos e os remédios que você costuma usar, prescritos pelo seu médico.

Sudeste Asiatico - Banheiro no Laos - Foto Philana Lee
Banheiro no Laos

• Papel higiênico: os banheiros do Sudeste Asiático raramente têm papel. Aliás, essa é uma boa hora para mencionar que também não têm descarga – o mais comum é ter um pequeno reservatório e um balde para você jogar água sobre o vaso.

Aliás, não tem vaso igual ao nosso – eles usam uma peça de louça baixinha com espaço nas laterais para apoiar os pés, sobre a qual você se agacha, sem se sentar. Mas não se assuste, não é muito difícil aprender a usar um banheiro asiático.

Sudeste Asiatico - Banheiro asiatico na Tailandia
Um banheiro asiático típico

• Moedas e trocados: ainda no assunto de toalete, vale lembrar que é importante andar com moedas pois alguns banheiros públicos cobram uma pequena taxa.

• Remédio para diarreia: é comum que a comida asiática, apimentada e diferente da nossa dieta regular, acabe resultando uma dor de barriga, mais dia ou menos dia. Quase todo mundo no nosso grupo passou mal em algum momento da viagem!

Compare preços de seguros de viagem para a Ásia
Sudeste Asiatico - Comida no Laos
Comida caseira no Laos

• Repelente de insetos e protetor solar: nem preciso explicar muito… São dois produtos que vale a pena usar toda manhã antes de começar o dia.

• Roupas comportadas: não custa lembrar que o povo asiático é conservador. Quando não estiver curtindo as praias e as cachoeiras, é bom usar vestimentas adequadas, com joelhos e ombros cobertos. Aos visitar os templos, o ideal é usar calça comprida e larga. Os tecidos devem ser leves, pois quase sempre faz calor!

Sudeste Asiatico - Tuk tuk com nossas malas no Laos
Tuk tuk com nossas malas em Luang Prabang

• Calçados práticos: um item ótimo para levar na mala é uma sandália presa no tornozelo, muito útil quando rios e cachoeiras estão no programa 🙂 Por outro lado, sapatilhas e slippers são ideais quando for visitar templos, pois é necessário estar descalço para entrar – tênis e outros sapatos que levam tempo para tirar e amarrar de volta acabam atrasando tudo (pois os lugares são movimentos e às vezes não há bancos para se calçar com calma).

• Fotos 3×4: os vistos do Laos e do Camboja são emitidos diretamente na fronteira, agiliza bastante se você já levar fotos para entregar no posto de imigração, junto com os formulários.

Atravessando a fronteira da Tailândia para o Laos de barco
Sudeste Asiatico - Calca larga e sandalia amarrada
Calça larga e sandália amarrada

Pronto! Agora você pode seguir viagem pelo Sudeste Asiático e conhecer as belezas e as tradições de lugares lindos como o Templo Branco, da Tailândia, as ruínas de Angkor Wat, no Camboja, e as aventuras de Vang Vieng, no Laos.

banner booking 510x65

6 comentários

  1. Tinham me dito para levar sandálias porque chinelos poderiam se prender em lama ou perder nos rios. Mas a facilidade de tirar e botar chinelos quando se visita 20 templos por dia não tem preço! Melhor usar chinelo. Se perder, compra outro barato.

  2. Ah, bem lembrado! Só se pode entrar nos templos descalço… Realmente é chato tirar e vestir o sapato o tempo todo. Boa dica, Gui! Valeu! = )

Deixe uma resposta