Cidades da Áustria para incluir no roteiro de viagem

Pequenos vilarejos, grandes cidades, regiões de beleza natural, lugares que atraem pela cultura ou pelos esportes: que cidades da Áustria escolher na hora de montar seu roteiro de viagem pelo país? Eu gosto de tudo um pouco e a Áustria, com paisagens tão diversas, é o destino perfeito para encontrar todos os itens dessa listinha na mesma viagem!

Hallstatt: uma das mais belas cidades da Áustria
Hallstatt: a paisagem que me levou à Áustria

Quando eu pesquisei sobre os pontos turísticos do país, eu não imaginava que ia me surpreender tanto. Compartilho com vocês alguns lugares onde o meu queixo caiu na Áustria e onde até rolaram umas lágrimas de emoção. E também aqueles onde eu gostaria de ter passado mais tempo, que certamente vão entrar no roteiro da minha próxima viagem para lá. Ou seja, as melhores cidades da Áustria para visitar na minha opinião.

Toda a riqueza de Viena

A “riqueza mais rica” que eu já vi nas minhas andanças pelo mundo foi na Áustria! Eu sou louca pela decoração dourada de castelos, igrejas e de tudo que é cheio de história. E depois de visitar quase 20 países, te digo: foi em Viena que eu vi mais objetos dourados e tesouros da realeza na vida. E, por isso, mesmo essa sendo a cidade da Áustria mais cheia de pontos turísticos, e tendo outras atrações incríveis como a Catedral de Santo Estêvão e a roda gigante do Prater, eu destaco os palácios de Viena.

Comece seu tour pelo Complexo Hofburg, onde você vai ver que a prataria da família imperial dos Habsburgo é daquelas pesadas, maciças. Não sei nem como tinham coragem de comer com talheres e travessas tão lindos naquela época. Até os guardanapos dobrados em formato de animais impressionavam, de tanto luxo.

Também no Complexo Hofburg fica o Sissi Museum, que é inteirinho dedicado a contar a história da icônica imperatriz Sissi. Por décadas foi considerada a imperatriz mais bonita da Europa e era super vaidosa. Mas ela não suportava seu papel na realeza, criticava o papel da corte e as regras rígidas de etiqueta. Sissi decidiu ter a própria vida, quis ir viajar, escrevia poemas… e se afastou dos compromissos oficiais, embora ainda se envolvesse em causas humanitárias. O museu conta a história toda, das partes mais bonitas às mais difíceis.

Outra atração imperdível é o Palácio Schonbrunn. Residência oficial de verão da família imperial, é um palácios dos mais bonitos do país por seus salões suntuosos, cheios de rococó, e seus belos e floridos jardins. Pena que não dá para tirar fotos no interior, só na parte externa.

Cidades da Austria - Viena Palacio Belvedere
Palácio Belvedere, em Viena, na Áustria

Ainda em Viena, não deixe de visitar o Palácio Belvedere, que para mim foi um dos mais emocionantes pontos turísticos da Áustria porque é lá que está um dos meus quadros preferidos (e também um dos mais famosos da Áustria): “O Beijo”, do pintor Gustav Klimt. O artista foi de uma delicadeza ao retratar o carinho entre um casal que até chorei de emoção quando vi o quadro de perto. Reserve algumas horas para o Belvedere porque, na verdade, o palácio não é um só. São dois e ainda tem jardins lindos!

Para quem está procurando opções de hotéis no centro de Viena, vale dar uma olhada no Motel One, Das Tigra e Ruby Lissi. Entre hospedagens mais econômicas, a pousada Kaisers Inn, o Meininger Fraz, o Meininger Sissi e o Wombat’s Hostel são boas dicas.

Melk, no Vale do Danúbio

Órgão da Abadia de Melk, na Áustria
Órgão da Abadia de Melk, na Áustria

Wachau é uma das regiões mais bonitas da Áustria, com paisagem montanhosa atravessada pelo rio Danúbio. No Vale do Wachau, estão algumas das cidades da Áustria mais gracinha de visitar. Uma delas é Melk, que atrai turistas por sua enorme e luxuosa abadia, que tem uma biblioteca dourada fascinante e um belíssimo jardim.

Não deixe de se programar para fazer uma visita guiada na Abadia de Melk, e apreciar a beleza dos trajes delicados e detalhados de religiosos, as peças douradas que adornavam imagens de santos, as cúpulas e tetos todos decorados em motivos religiosos.

E o melhor: dá para chegar a Melk rapidinho de trem, numa viagem de 1 hora de duração (veja como comprar passagens na Áustria). A estação da cidade fica bem perto da catedral e a cerca de 90km de Viena.

Spitz: passeio de barco no Danúbio

Cidades da Austria - Spitz - Barco no rio Danubio
Vista do barco no rio Danúbio, a caminho de Spitz

Outra das cidades da Áustria que merece uma visita, mesmo que seja rápida, é Spitz. Apesar de ser minúscula, é interessante ir lá porque o próprio trajeto até esta cidade é uma atração. Isso se você fizer como eu, e pegar um barco partindo de Melk que vai navegando pelo rio Danúbio calmamente, passando por uma região cheia de vinhedos.

Há duas empresas de barco que fazem o passeio a partir de Melk: Brandner e DDSG Blue Danube, sem muita diferença entre trajetos e preços, e os ingressos podem ser comprados na hora (mas programe-se pois são poucos barcos por dia).

Aproveite o trajeto no barco, que é confortável e tem até restaurante, para já ir bebericando um dos deliciosos vinhos brancos fabricados na região e admirando a vista, com casas e castelos em meio às montanhas verdes. Pare em Spitz para almoçar, aproveitar a culinária local, provar mais vinhos e ver a pracinha com casas coloridas com a típica arquitetura austríaca.

Você pode ir a Spitz no mesmo dia em que for a Melk. Ou fazer da ida a Spitz um passeio separado, como outra opção de bate-volta desde Viena. Mas não vá direto de carro. Faça o passeio de barco pelo rio Danúbio, que é a graça do lugar.

Salzburg: Mozart e Noviça Rebelde

O que fazer em Salzburg - Palacio Mirabell
Jardim do Palácio Mirabell, em Salzburg

Uma das cidades da Áustria que tem como apelo turístico a música e o cinema é Salzburg. Primeiro porque foi lá que Mozart nasceu e passou boa parte da sua vida, então dá para visitar a casa onde o compositor nasceu, onde ele morou e, claro, sua estátua.

Mas os apaixonados pelo filme A Noviça Rebelde também gostam de ir a Salzburg porque de lá partem passeios para ver locais onde o musical foi gravado. Alguns são na própria cidade, como os jardins do Palácio Mirabell, outros em regiões próximas.

Outra atração de Salzburg que merece a visita é o Castelo e Fortaleza Hohensalzburg, de onde se tem uma vista incrível da cidade. Na exposição, você pode ver indumentárias antigas, aparelhos de telefones dos primórdios e muitos objetos de decoração dourados (sempre muito luxo!).

Salzburg fica a 300km de Viena, então vale a pena passar a noite lá – veja, por exemplo, este Bed & Breakfast, este hotel central ou este design hotel. Uma ideia interessante é seguir viagem de Salzburg para seu próximo destino – Innsbruck, também na Áustria, ou Munique, na Alemanha, são boas opções!

Hallstatt, nos alpes austríacos

Cidades da Austria - Hallstatt - blog Vontade de Viajar
Hallstatt: uma das mais belas cidades da Áustria

Entre todas as cidades da Áustria que visitei, Hallstatt certamente foi a minha preferida. Na verdade, quando eu pesquisei sobre os pontos turísticos do país, foi depois de ver fotos de Hallstatt que decidi comprar a passagem.

Hallstatt é um vilarejo entre um lago e montanhas lindas e verdinhas, cheio de casinhas antigas e típicas do país. E ainda tem uma mina de sal em que você pode entrar, mirantes incríveis e um ossário. Dá trabalho chegar, porque é bem no meio dos alpes e todo o trajeto tem que contornar as montanhas, mas vale a pena demais! É passeio para um dia inteiro saindo de Salzburg ou Linz.

Já para quem cogita ir para Hallstatt como um bate-volta desde Viena, não recomendo essa ideia. São cerca de 300km da capital até o vilarejo, muito cansativo para passar um dia só.

Saint Gilgen: lagos da Áustria

Cidades da Austria - St Gilgen - Foto Forget Someday
St Gilgen, uma das lindas cidades da Áustria – Foto: Forget Someday

Uma das cidades da Áustria por onde só passei a caminho de Hallstatt e que eu gostaria de ter ficado um tempinho é St Gilgen. Deve ser uma delícia curtir um dia de verão fazendo atividades ao ar livre no belo lago Wofgangsee, ou mesmo fazendo um piquenique por ali.

Outra atração de St Gilgen é um teleférico que leva até o topo de uma montanha, de onde a vista deve ser simplesmente estonteante. Além disso, o centrinho é cheio de construções típicas e floridas, com muitas lojinhas e restaurantes.

St Gilgen é uma das cidades de Salzkammergut, a região dos lagos na Áustria, que tem cerca de 70 lagos (!!!) entre com montanhas e muito verde. Fica a apenas 30km de Salzburg, então é uma boa dica de bate-volta, podendo ainda combinar com St Wolfgang ou Fuschl am See, outras vilas lindas ali pertinho.

Innsbruck e os esportes de inverno

Innsbruck, nos alpes da Áustria - Foto Kely Martins
Innsbruck, e os Alpes da Áustria – Foto: Kely Martins

Quase na divisa com a Alemanha, Innsbruck é uma das cidades da Áustria que ficam no meio dos Alpes e por isso atrai esquiadores no inverno e montanhistas no verão. Do centrinho da cidade você já vê as belas montanhas! Para ver onde acontecem as competições mundialmente famosas, é possível visitar a grande rampa de salto de ski de Bergiselschanze.

Entre as atrações de Innsbruck estão o Arco Triunfal, construído pela Imperatriz Maria Tereza em comemoração ao casamento do filho; a torre da antiga prefeitura, de onde se tem uma linda vista da cidade; e as belas igrejas e edifícios históricos, com muito rococó. Alguns, como o Helbling Haus, foram construídos no século 15!

Innsbruck fica a 476km de Viena, já perto de Liechtenstein. Se você pretende combinar a Áustria e a Alemanha na mesma viagem, pode ser uma boa incluir Innsbruck no caminho, já que ela fica a 160km de Munique.

No blog Viciada em Viajar tem dicas detalhadinhas de como visitar cada um desses pontos turísticos da Áustria e outros mais.

 

Leia também:

O que fazer em Salzburg: Mozart e Noviça Rebelde
O protesto de John Lennon e Yoko Ono pela paz em Viena
As obras primas escondidas dos nazistas na Áustria