Seguro viagem cobre coronavírus?

Viajar se tornou um dilema diante da pandemia do coronavírus – teremos que repensar os planos e tomar novos cuidados. Quem precisou manter a viagem ou embarcará a partir da reabertura deve ficar atento: o seguro viagem cobre coronavírus? E o que fazer se você já tiver contratado um seguro sem essa cobertura?

A Covid-19 é a primeira pandemia a afetar tão drasticamente o turismo globalizado. Antes, a cláusula sobre pandemias dificilmente chamava a atenção de um viajante que estivesse escolhendo um seguro viagem para contratar. Agora, os impactos do coronavírus no Brasil e em destinos como Itália, Espanha e Estados Unidos destacam a importância de se informar sobre as políticas das seguradoras e as coberturas oferecidas.

Como fica o seguro viagem durante uma pandemia

Pandemias em geral constam na cláusula de riscos excluídos dos seguros viagem. A partir do momento em que a Covid-19 foi oficialmente categorizada como pandemia pela OMS, as seguradoras passaram a ter isenção de cobertura. Desta forma, a maior parte dos planos de seguro viagem cobre o atendimento emergencial até o diagnóstico da doença, mas não cobre o tratamento.

Ou seja, se o viajante manifestar algum sintoma característico do coronavírus e precisar de uma avaliação médica, ele será atendido com assistência do seguro. Porém, em caso de diagnóstico positivo, o tratamento ficará a cargo do sistema de saúde local e o viajante deverá arcar com os eventuais custos.

Importante observar que, nessa situação, todas as coberturas da apólice são invalidadas, não somente despesas médicas, mas também regresso e cancelamento, por exemplo.

Seguro viagem coronavirus Paris - Foto Thomas de Luze
Paris durante a pandemia – Foto: Thomas de Luze

Existe seguro viagem que cobre coronavírus!

Até o momento, a Assist Card e a Ciclic foram as únicas seguradoras que emitiram comunicados se comprometendo a manter cobertura de despesas médicas e hospitalares para casos confirmados de Covid-19, durante a situação de pandemia. Embora as demais coberturas da apólice percam a validade em decorrência do diagnóstico de Covid-19, pelo menos o tratamento em si está coberto.

Além de manter a cobertura para os contratantes que já estão com viagem em andamento, a Assist Card também garantiu cobertura para coronavírus nos seguros viagem que forem contratados agora, independente do destino internacional.

Você pode fazer uma cotação dos seguros da Assist Card nos sites Seguros Promo ou Real Seguro Viagem – use os links indicados aqui para apoiar o blog e ganhar de 5% a 15% de desconto ;)

Seguro viagem Coronavirus Real Seguro Viagem
Seguro viagem que cobre Coronavirus na Real Seguro Viagem

Já estou no exterior e meu seguro viagem não cobre Covid-19

Como regra geral, os seguros viagem devem ser contratados no Brasil, até a data de embarque. Porém a Assist Card disponibilizou planos para quem já está no exterior sem seguro viagem ou ficou descoberto durante a pandemia.

Se você precisou estender a sua viagem ou se o seguro que você tinha contratado não cobre a Covid-19, você pode fazer uma cotação pelo site Real Seguro Viagem, observando os planos que indicam “Contratação fora do Brasil”. No site Seguros Promo, eles aparecem com a indicação “Ideal para renovação”.

Ao contratar um desses planos, você deve estar em perfeitas condições de saúde. Além disso, o primeiro uso só pode ser feito 3 dias depois da confirmação de aquisição, pois os planos têm 72 horas de carência – ou seja, você não pode contratar quando já estiver doente.

Seguro viagem Coronavirus Seguros Promo
Planos da Assist Card no comparador Seguros Promo

Contratar seguro viagem ainda vale a pena?

Diante das limitações de cobertura, você pode estar se questionando se ainda vale a pena contratar seguro viagem… Vale sim. Com certeza! Afinal, a contaminação por coronavírus não é o único problema ao qual você estará sujeito durante uma viagem.

Qualquer emergência médica não relacionada ao contágio com o coronavírus permanecerá coberta normalmente, assim como demais assistências contratadas – como assistência odontológica, perda de documentos, auxílio jurídico, extravio de bagagem, entre outros.

Além disso, há situações decorrentes do coronavírus que podem acabar se enquadrando nas situações previstas pelo seu seguro viagem. Por exemplo: falecimento ou internação de familiares que motivem a antecipação do retorno, cancelamento da viagem em função de perda de emprego etc.

Todas essas questões variam conforme as cláusulas do seguro contratado, por isso é de suma importância que você leia atentamente a apólice de seguro para conhecer as condições de cobertura.

Quando a pandemia de Covid-19 passar…

A isenção de cobertura dos seguros viagem acontece no cenário de pandemia/epidemia, mas isso não quer dizer que a Covid-19 não será coberta no futuro. Quando a doença entrar em um quadro como o H1N1, que foi uma pandemia entre 2009 e 2010 mas depois ficou relativamente sob controle, a Covid-19 sairá do quadro de pandemia voltará a ser coberta como qualquer outra despesa médica hospitalar contratada na apólice.

Como funcionam os seguros viagem? Como escolher o melhor?

Epidemias regionais também exigem atenção

Importante observar que uma doença pode deixar de ser coberta pelo seguro viagem antes mesmo de ser declarada como pandemia pela Organização Mundial de Saúde, pois grande parte das apólices também listam epidemias e surtos na cláusula de riscos excluídos de cobertura.

Isso significa que uma situação de risco local também pode alterar a possibilidade de obter reembolso de despesas médicas durante uma viagem. Por isso, é fundamental ler atentamente as condições do seguro viagem que você for contratar, para estar ciente dos seus direitos.

Seguro viagem coronavirus Singapura - Foto Victor He
Singapura na pandemia de coronavírus – Foto: Victor He

Como cancelar seguro viagem

Se a sua viagem foi cancelada ou adiada, você pode entrar em contato com a empresa de seguro viagem para solicitar o cancelamento ou remarcação das datas da cobertura do seguro.

A Real Seguro Viagem ou a Seguros Promo, por exemplo, oferecem a opção de adiamento mesmo que o segurado ainda não possua as novas datas da viagem definidas. Assim, é possível garantir as condições da compra e não sofrer as alterações do preço em razão da cotação do dólar. Quando a viagem puder acontecer, bastará informar o período para que a apólice seja reemitida.

Leia as condições do seguro com atenção

As informações compartilhadas aqui têm como objetivo o esclarecimento de dúvidas comuns, com uso de generalizações para compreensão geral do cenário. No entanto, é altamente recomendável que você consulte as condições gerais do seu seguro contratado e entre em contato com a seguradora para informações completas e avaliações caso a caso.

Foto em destaque de capa: Free To Use Sounds