Giardino Giusti: um jardim romântico em Verona

Do outro lado do rio que contorna o centro histórico de Verona, o Giardino Giusti é um segredinho que fica afastado do roteiro feito pela maior parte dos turistas.

É um dos mais belos jardins renascentistas da Itália, com paisagismo geométrico enfeitado com estátuas e cercado por árvores ciprestes (aquelas árvores compridinhas típicas da Itália).

O que fazer em Verona - Giardino Giusti jardim de Goethe e Mozart
Jardim renascentista italiano

Um espaço verde em meio às construções históricas de Verona, o Giardino Giusti merece ser visitado com calma, para desvendar as alamedas e apreciar as gárgulas, fontes e grutas, talvez fazer um pequeno picnic.

O mascherone no final da alameda de ciprestes se torna menos assustador quando a gente descobre que ele é um mirante com uma vista linda sobre o antigo palácio e o centro de Verona.

O que fazer em Verona - Giardino Giusti Mirante
Mirante no fim da alameda de ciprestes

E, claro, vale a pena se aventurar pelo pequeno labirinto verde, que é um dos mais antigos da Europa. Diz a lenda italiana que os amantes que conseguem se encontrar no meio do labirinto estão destinados a ficar juntos ♥

O jardim que Goethe e Mozart visitaram

Criado por Agostino Giusti, um nobre italiano que era colecionador de pinturas e presidente da academia Filarmônica de Verona, o jardim traz uma sensação de tranquilidade como poucos pontos turísticos do mundo.

O que fazer em Verona - Giardino Giusti estatuas no jardim
Jardim do século 16

O desenho do parterre foi projetado em 1570 e fez o palácio da família Giusti se tornar mundialmente famoso. Aos olhos de hoje pode não parecer tão impressionante, mas no século 16 este jardim era um dos mais celebrados da Europa.

Caminhar pelas alamedas do Giardino Giusti é saber que figuras ilustres como Goethe e Mozart também passearam por ali e se encantaram com a beleza do lugar. Imperadores, artistas e escritores da época… Todos queriam conhecer o jardim de Verona!

O que fazer em Verona - Giardino Giusti Jardim Renascentista
Estátuas do Giardino Giusti

Hoje em dia, não sei se é a pequena distância, ou o fato do ingresso para o jardim não estar incluído no Verona Card (tem apenas desconto), mas muitos visitantes deixam passar a oportunidade de conhecer esse lugar tão lindo…

Mas sem dúvida vale a pena para quem quer conhecer um cenário realmente romântico na cidade de Romeu e Julieta!

O que fazer em Verona - Giardino Giusti Jardim em Verona
O casarão visto do alto do jardim

Dicas para visitar o Giardino Giusti

O jardim abre ao público todos os dias de 9h às 19h, com 1 hora a mais durante o verão. Custa € 7 o ingresso comum, ou € 5 para quem tem o Verona Card.

Se você estiver em Verona no início da semana, aproveite para visitar o Giardino Giusti na segunda-feira pela manhã, quando outras atrações da cidade estão fechadas, como a Casa di Giulietta, a Arena de Verona e o Castelvecchio.

O que fazer em Verona - Giardino Giusti paisagismo geometrico
O paisagismo geométrico do Giardino Giusti

Para ir do centro histórico ao jardim, a caminhada leva de 15 a 20 minutos e o trajeto é fácil: basta atravessar a Ponte Nuovo e seguir pela Via Giosuè Carducci até chegar na Via Giardino Giusti, rua que leva o mesmo nome do jardim.

Coleção Peggy Guggenheim: arte na casa mais bonita de Veneza
7 segredos da Piazza San Marco, em Veneza
Veneza: Livraria Acqua Alta e a gôndola cheia de livros
banner booking 510x65

2 comentários

  1. Que pena….. Estive em Verona por um dia e teria dado tempo, mas não sabia da existência deste jardim que deve ser magnífico.

    1. Pois é, Cristina! Realmente o jardim não é tão divulgado hoje em dia e muita gente não conhece… Fica uma desculpinha para voltar a Verona numa próxima viagem pela Itália, quem sabe? 🙂
      Beijo e obrigada pela mensagem!

Deixe uma resposta