Como dormir no aeroporto: manual prático

Quem já teve que pegar um voo de madrugada sabe o quanto pode ser ruim passar a noite no aeroporto. Mas às vezes é o jeito – pode ser a única opção para aquele destino, o voo mais barato (com uma diferença enorme de preço) ou a melhor forma de pegar uma conexão.

Para ajudar nessas decisões, vale conferir o sensacional e bem-humorado Guide to Sleeping in Airports, um completíssimo “guia para dormir em aeroportos” que dá informações sobre aeroportos do mundo todo e avalia os lounges, cadeiras e cantinhos em geral.

Aeroporto de Paris Charles de Gaulle ao amanhecer
Amanhecer no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris

Dicas para dormir no aeroporto

  1. Confira se o aeroporto fica aberto 24h (tem aeroporto que fecha, mesmo em cidades grandes!);
  2. Se informe se o aeroporto tem lounges, área VIP ou hotel cápsula;
  3. Procure um local tranquilo, mas não muito isolado;
  4. Proteja suas bagagens e seus pertences (especialmente eletrônicos etc);
  5. Leve agasalho para evitar o chão frio e improvisar um travesseiro;
  6. Tenha lanches, água, itens de higiene pessoal e ao menos uma camiseta para trocar no dia seguinte na mala de mão;
  7. Mantenha a educação e evite farofada para não causar problemas;
  8. Programe o despertador para não perder o horário de embarque!

Entre as principais dicas para passar a noite em um aeroporto, o guia destaca a importância da segurança e de manter seus itens de valor e bagagens protegidos, além de estar bem agasalhado para a madrugada. Tem até alguns lembretes de “etiqueta” com relação a dormir em um local público.

E um detalhe importantíssimo que você não pode esquecer: programar um despertador para não perder a hora do checkin ou do voo! (Imagina!!! rs)

Outra boa sugestão é dar uma volta para “reconhecer o território” e avaliar os diferentes espaços (a área de embarque e a de desembarque, os lounges etc.) em busca de um lugar suficientemente tranquilo e seguro. Se a praça de alimentação do aeroporto não for 24h, aproveite essa volta para providenciar uma garrafinha d’água e algum lanche.

Planejamento é sempre bom

Mesmo que seja para improvisar, é bom ter algumas informações úteis à disposição. Os usuários do Guia para Dormir em Aeroportos compartilham avaliações dos lounges, dos serviços de WiFi, dos banheiros e outras instalações de mais de 800 aeroportos de todo o mundo.

Interessante também que o site apresenta diversas alternativas, como hotéis de trânsito, VIP Lounges e tudo o que você precisa saber para tomar uma decisão bem informada.

dormir-no-aeroporto-lounge-em-guarulhos
Lounge em Guarulhos, São Paulo

Aeroportos Low-Cost na Europa

Quem está planejando um mochilão pela Europa deve ficar atento! Alguns aeroportos europeus que são bem comuns nas companhias aéreas low costs estão na lista dos piores: Paris Beauvais (BVA), London Luton (LTN), Rome Cimpino (CIA), Berlim Schönefeld (SXF) e Berlim Tegel (TXL). Importante levar isso em conta na hora de escolher o voo para não acabar fazendo uma economia que sai caro.

E se você for para a Grécia, atenção redobrada na logística, pois 4 aeroportos gregos estão entre os 10 piores da Europa para passar a noite!

Leia também: 13 piores erros na hora de comprar passagem
dormir-no-aeroporto-conexao-em-guarulhos
Qualquer cadeira serve pra quem virou a noite no aeroporto

Sim, eu já dormi em aeroporto

Durante meu intercâmbio em Portugal, usei muito o aeroporto do Porto e achei a infraestrutura de lá incrível! Tinha poltronas reclináveis e até chuveiro nos banheiros! Mas não tive nenhuma situação prolongada lá, não tirei nem uma soneca para aproveitar… rs

A situação de dormir no aeroporto tinha que acontecer comigo justo num aeroporto bem diferente… Precisei passar a noite no aeroporto de Bergamo, cidadezinha italiana perto de Milão, que ficou alguns anos entre os piores aeroportos no ranking do Guia!

Nosso voo era antes das 5h da manhã e lá estava eu de madrugada no saguão. Como se não bastasse a cadeira fria e desconfortável, fiquei agarrada na mochila pra ninguém mexer, acabei não dormindo direito.

No dia seguinte, eu estava exausta! Ainda bem que estava voltando para casa, porque se fosse na ida da viagem ia ter acabado com o primeiro dia… Eu não conseguiria turistar naquele estado.

dormir-no-aeroporto-nao-tem-cama-mas-tem-filme
Dormindo no aeroporto: não tem cama mas tem filme

Às vezes não tem escolha…

A outra vez em que isso me aconteceu foi em Dublin, na Irlanda. Não tive opção quando uma nevasca causou o cancelamento de todos os voos. O aeroporto, que era ótimo, se tornou um caos!

Centenas de pessoas se amontoavam pelos corredores, os restaurantes fecharam sem estoque para atender a todos e, com muita sorte, um McLanche Feliz foi meu jantar e meu café da manhã.

A fila para remarcar voos levava umas 3 horas e chegaram a anunciar que a gente só conseguiria outro voo na semana seguinte! A noite foi mesmo difícil, ainda mais porque eu não estava preparada para isso.  Dormir naquele chão gelado, mesmo com o meu melhor casaco, foi garantia de um resfriado.

dormir-no-aeroporto-mclanche-no-jantar-e-no-cafe-da-manha
Minha madrugada no aeroporto de Dublin

Bons aeroportos para passar a noite

Se você estiver indo para cidades da Ásia como Cingapura, Hong Kong ou Seoul, pode ficar tranquilo: esses estão entre os melhores aeroportos do mundo para se passar a noite. Assim como os da Escandinávia, incluindo Helsinki, Estocolmo, Oslo e Copenhagen.

Entre os principais aeroportos que recebem voos do Brasil, há vários que são compreensivos com os passageiros que precisam pernoitar: Amsterdam, Lisboa, London Heathrow (LHR), Buenos Aires (tanto EZE quanto AEP) e Orlando (MCO).

Um dos mais movimentados da Europa e com voos diretos do Brasil, o aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, não é dos mais fáceis para “farofada”… Mas em compensação oferece vários espacinhos confortáveis para quem tem que esperar uma conexão longa: tem lounge com espreguiçadeiras e até uma estação de videogames!

dormir-no-aeroporto-lounge-no-charles-de-gaule-em-paris
Lounge no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris

Onde dormir no aeroporto de Guarulhos, SP

Muitos voos internacionais chegam ou saem do Brasil pelo aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Hora mais, hora menos, os viajantes brasileiros precisam passar um período mais longo lá.

Guarulhos tem diversos lounges com poltronas confortáveis, especialmente o Terminal 3, que é mais moderno. O aeroporto pode ser frio durante à noite, então vale a dica do casaco, mesmo que você esteja viajando no verão.

Existem algumas áreas VIP em Guarulhos e Gol Premium Lounge (também disponível no aeroporto Galeão, do Rio de Janeiro), que não possuem camas para dormir, mas possuem chuveiro, se você precisar.

Se quiser dormir “de verdade”,  tem 2 hotéis de trânsito dentro do próprio aeroporto: o Fast Sleep (Terminal 2) e o TRYP Guarulhos (Terminal 3).

Cuidados na hora de comprar a passagem

Voos que partem ou chegam no meio da madrugada podem gerar alguns inconvenientes, especialmente se você estará num aeroporto de pequeno porte. Nesses horários, há menos opção de transporte para ir/voltar da cidade, e nem todo aeroporto tem serviços e lojas 24h.

dormir-no-aeroporto-galera-esperando-voo-para-o-canada
Brasileiros no aeroporto esperando voo para o Canadá

Quando for comprar uma passagem para um voo de madrugada, é sempre bom ver se o preço realmente compensa e se há transporte para chegar ao aeroporto no meio da noite.

Se for possível, se organize direitinho para passar a noite em um hotel próximo ao aeroporto e/ou tente conferir se a cidade tem Uber ou outro serviço de motorista.

Mas se as circunstâncias te levarem a dormir no aeroporto, dá uma olhada no Guia, prepare sua mochila com o que você precisar para fazer a noite mais confortável e leve tudo na esportiva. O mais importante é curtir a viagem e voltar com histórias para contar!

Leia também:

Dicas infalíveis para escolher o albergue
Como reduzir o efeito do jet lag?
Slow travel: 3 motivos para fazer um roteiro mais light