Munique - Beerhalls - pretzel cerveja alema - dicas de viagem no blog Vontade de Viajar

Faz parte da experiência de viagem pela Alemanha: disputar espaço numa mesa grandona, pedir canecas de um litro de cerveja e comer pretzels gigantes para acompanhar. Sair para beber nos Beer Gardens e Beerhalls em Munique é o maior barato! Conheça 3 lugares (e mais algumas dicas extras!) para você comer e beber como um verdadeiro bávaro ?

Beerhalls em Munique - Banda tipica alema HB

Banda de Oompah

1. Hofbräuhaus: o beerhall mais famoso

Se você tiver que escolher apenas um, vá à Hofbräuhaus, o beerhall mais famoso da cidade. É lá que você encontra todos os clichés alemães – basta passar pela porta para ver os garçons e garçonetes equilibrando uma dezena de canecas ao mesmo tempo e ter a certeza: “eu tô em Munique!” 😀 Tem muito turista, claro, mas também tem famílias e alemães orgulhosos com seu traje típico: bermuda, suspensório, meia comprida e chapeuzinho.

Beerhalls em Munique - Hofbrauhaus em Munique

Salão da Hofbrauhaus

A Hofbräuhaus foi fundada no século 16, quando o Duque da Baviera resolveu que não ia mais pagar os altos preços da cerveja que era comprada em Einbeck. A “cervejaria da corte”, como diz o nome em alemão, só passou a vender a bebida para o público 300 anos depois, em 1830 (tem uma exposição no 2º andar que toda a história). Hoje, a HB é uma das marcas de cerveja mais conhecidas do mundo – aposto que você já viu esse logo antes!

Beerhalls em Munique - Pretzel no Hofbrauhaus

Pretzels e biscoitos de gengibre

O salão principal é lindo e tem o teto todo decorado com motivos inspirados na bandeira, no brasão e nas comidas típicas da Baviera. Uma banda de Oompah embala a galera cantando: Ein prosit, ein prosit, der gemülichkeit! Um brinde, um brinde ao bem estar! Para comer, uma salsicha branca (weisswurst) com mostarda é a pedida mais tradicional.

Mesmo sendo um dos maiores beer halls da cidade (2 andares e jardim), conseguir uma mesa não é tarefa fácil. O Hofbräuhaus fica lotado quase todas as noites! Como não dá para simplesmente beber em pé (para ser atendido você precisa estar sentado), é bem comum a galera compartilhar a mesa com outros grupos. Aproveite para fazer amizade e brindar com aquela caneca enorme de cerveja ?

Beerhalls em Munique - Canecas de cerveja

Garçons equilibristas!

2. Augustiner: tradição sem ir à falência

O Hofbräuhaus é uma verdadeira instituição de Munique, mas pagar 8 euros por cada caneca de cerveja quebra o orçamento da gente! Menos caro mas não menos tradicional é o Augustiner, onde uma caneca de meio litro custava € 3,50.

A Augustiner é a cervejaria mais antiga de Munique, com quase 700 anos de história! Tive a impressão de que é um lugar onde você encontra mais locais e, como o ambiente é mais tranquilo, também é melhor para comer (as porções são super bem servidas!). Aproveite para ir além dos petiscos e experimente os pratos tradicionais alemães, quem sabe uma carne de porco ou de marreco.

Beerhalls em Munique - Cerveja Augustiner

3 cervejas diferentes no bar da Augustiner

Há vários Beer Halls da Augustiner espalhados pela cidade – nós fomos no  que era perto do nosso hostel, nas redondezas da Hauptbahnhof, mas uma opção legal é o beer hall que funciona na antiga fábrica da cervejaria. Lá também você pode ver os cavalos que levam os barris de cerveja no desfile de abertura da Oktoberfest 🙂

3. Biergarten da Torre Chinesa: cerveja ao ar livre

Há centenas Beer Gardens espalhados pela cidade (ou Biergarten, como se escreve em alemão) e eles parecem se multiplicar à medida que o verão se aproxima. Os beer gardens não são para ir à noite, mas são uma ótima pedida para uma tarde de sol, depois de assistir às manobras dos surfistas do rio Eisbach. Dos que nós visitamos, o da Torre Chinesa do Englischer Garten foi o mais divertido!

Beerhalls em Munique - Beer Garden na Torre Chinesa - foto Nathan Rupert

Torre Chinesa Foto: Nathan Rupert

Beber num jardim é um pouco diferente de beber num beerhall. Tem um quiosque com várias opções de comidas (todas hardcore: porco, batata e essas coisas bávaras) que você paga por porção e leva para uma das mesas de picnic que ficam em volta.

A cerveja também é no balcão, aqui não tem garçonete equilibrista. Você escolhe o tipo (Dunkel escura, Weisse de trigo, Original etc.) e leva a caneca e uma fichinha, que serve como comprovante de depósito: quando você devolve a caneca no balcão, recebe umas moedas de volta. Sem querer botar pilha errada, mas já botando, essas moedas são tipo 20% do valor que você pagaria pela caneca na lojinha de souvenir da Hofbräuhaus… 😛

Beerhalls em Munique - Cerveja Augustiner Beer Garden

Canecão da Augustiner

Outros lugares para beber cerveja em Munique

A cerveja é uma verdadeira instituição na cultura local, e o que não falta são “beer halls” e “biergartens” em Munique. Os alemães contam histórias de como a cerveja silenciou o exército sueco na Guerra dos 30 Anos e como a bebida salvou a cidade do incêndio da Staatsoper, em 1823, quando o sistema de emergência do teatro estava com seu suprimento de água congelado pelo inverno rigoroso. As anedotas heróicas são tantas que eu só lembrava daquele pseudo-documentário How Beer Saved the World, sabe?

Beerhalls em Munique - Restaurante Ratzkeller

Salão do Ratzkeller

Outros lugares bacanas pra conhecer são os Beer Halls Der Pschorr, que fica no Viktualienmarkt e é conhecido pela boa cozinha, sempre com ingredientes locais, o Weisses Bräuhaus, a Paulaner Bräuhaus e o Löwenbräukeller, da cervejaria que foi a primeira na história do Oktoberfest a montar uma daquelas famosas tendas.

Munique definitivamente é um lugar que todo viajante cervejeiro tem que conhecer! Ainda mais se a viagem for em setembro, pra pegar o Oktoberfest, ou em maio, pra pegar os festivais de cerveja da primavera! ?

Share

3 Comentários

Exibir Comentários