Neustädt e Kunsthof: o lado cool de Dresden

Depois de visitar o centro histórico de Dresden e toda a arquitetura de tirar o fôlego da região de Altstädt, cruzamos o rio Elba para conhecer o lado mais moderno da cidade, Neustädt.

Dresden - Estatua do Cavaleiro Dourado - foto Daniel Hueneborg
Goldener Reiter – Foto: Daniel H.

Partimos da praça da Semperoper e pegamos a Augustusbrücke, ponte que leva à estátua do cavaleiro dourado, Goldener Reiter. Ele é Augusto, o Forte, príncipe saxônico e rei polonês (aquele mesmo que mandou construir a igreja Hofkirche, em frente à Semperoper).

Não estranhe o fato de o cavaleiro estar de costas para as construções mais importantes da cidade: Augusto está olhando em direção à Polônia.

Dresden - Alaunstrasse rua de bares em Neustadt
Na rua Alaunstrasse

Seguimos a alameda Hauptstrasse, que começa em frente à estátua dourada, até a rotatória da Albertplatz, de onde pegamos a Bautzner Strasse para visitar a belíssima e super tradicional loja de queijos e laticínios Molkerei Pfunds.

Mas é só com o cair da noite, quando a leiteria está fechando as portas, que Neustädt começa a mostrar seu lado mais hipster.

Corremos para a Kunsthof-Passage, uma viela transversal à rua Görlitzer que dá numa espécie de pátio interno de um condomínio. Chegamos a tempo de ver as lojinhas ainda abertas, mas devíamos ter chegado lá um pouco mais cedo para aproveitar melhor.

Os prédios em volta dos pátios são uma atração super inusitada, com instalações de arte e pinturas nas fachadas.

kunsthof-passage-fruhlingsfest-mercado-de-primavera
Uma passagem nem tão secreta

Quem vê a beleza clássica e o estilo barroco que predomina em Altstädt nem consegue imaginar que Dresden possa ter uma surpresa como essa!

As instalações são obras de artistas, escultores e designers alemães. Cada pátio da Kunsthof tem um tema – um com animais da floresta, outro com criaturas míticas e ainda uns mais abstratos que ganharam nome de “pátio da luz”, o “pátio dos elementos” e o “pátio da metamorfose”.

Dresden - predio amarelo com folhas de metal na Kunsthof Passage
Pátio dos elementos

As quase 20 lojinhas vendem flores, roupas de estilistas independentes, cervejas artesanais da Saxônia ou importadas, objetos de decoração…

Tem até uma papelaria craft com caderninhos, cartões e outros produtos lindos. Entre as opções para comer, o vietnamita Hai Au e o bistrô Lila Soße.

Dresden - predio azul com canos e instalacoes de arte na Kunsthof Passage
Instalações de arte

Dali, em um quarteirão se alcança a Alaunstrasse, rua cheia de bares que fica bem movimentada à noite.

Sem meias palavras, àquela altura da viagem já estamos cansados de comer os pratos típicos alemães e então acabamos jantando num restaurante mexicano chamado Espitas.

Mas também aproveitamos para tomar umas cervejas no Katy’s Garage, com umas mesinhas ao ar livre e uma boate ao lado. Lugar bem divertido!

O lado novo de Dresden não tem a mesma concentração de atrações turísticas que o centro histórico, claro. Mas, mesmo caminhando um pouco mais entre um ponto e outro, ainda é possível fazer todo esse passeio a pé.

Dresden - Katys Garage um dos bares em Neustadt
Katy’s Garage

Do Goldener Reiter até a leiteria são uns 25 minutos e de lá para a Kunsthof-Passage mais 15 min. No fim da noite, como estávamos num hostel pertinho da prefeitura, usamos esse ponto de referência e pegamos um tram (tipo um metrô de superfície) para voltar.

Vale super a pena dar um pulinho em Neustädt para conhecer o lado mais cool de Dresden! 😉

Dicas úteis para planejar a sua viagem

Gostou das dicas e ficou com vontade de viajar? Tem alguns sites que são nossos parceiros e que com certeza vão te ajudar no planejamento!

As reservas de hospedagem eu sempre faço pelo Booking, tanto quando escolho ficar em hotel quanto quando escolho ficar em albergue, porque acho prático e gosto muito do atendimento (já tive que alterar as datas ou trocar de hotel, e eles foram muito atenciosos e ajudaram a resolver rápido). Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

onde-ficar-em-montevideu-dica-de-hostel-em-montevideu
O B&B em que a gente se hospedou em Montevidéu

O seguro viagem é obrigatório em vários países mas é rapidinho de resolver pelo site da Seguros Promo. Você economiza tempo e dinheiro fazendo uma cotação que compara os planos das principais seguradoras, numa tabela em que realmente fica fácil de entender o que está incluído em cada seguro. Tem desconto de 5% se pagar no boleto e mais 5% de desconto para leitores do blog com o cupom VONTADEDEVIAJAR5.

Se quiser adiantar o roteiro e comprar ingressos antecipados para evitar fila, o site Get Your Guide tem atrações no mundo inteiro e também é ótimo para encontrar passeios, tours e bate-e-volta. E se você vai pegar a estrada ou prefere alugar um carro para ter mais flexibilidade no roteiro, a dica é comparar as locadoras e fazer a reserva pelo site RentCars, que dá para pagar em reais, sem IOF.

slow-travel-pastel-de-belem-em-lisboa
Pausa no passeio em Belém, Lisboa: melhor coisa é viajar tranquilo!

Fazendo as reservas a partir dos links indicados aqui, você nos ajuda a manter o blog sem ter que gastar nem 1 centavo a mais por isso 🙂 Os sites nos dão uma pequena comissão pela indicação de um leitor, sem que isso altere o preço para você. E, claro, você pode confiar que a gente só faz parceria com empresas que a gente realmente usa e gosta do serviço!

Se tiver dúvida, é só deixar um comentário que eu respondo 🙂

8 comentários

  1. Legal Fernanda, belo passeio.

    Como são os preços das coisas? E a noite é agitada?

    Vou estar pela região no fim do ano e de repente dou uma passada para conferir estas lojinhas

    1. Oi, Pedro. Valeu pela visita ao blog e o comentário!
      A noite em Neustadt é bem divertida sim! 😉 Os preços em Dresden são OK, mais ou menos na mesma faixa de Munique e Berlim. Deu pra comer no mexicano por uns 10 euros por pessoa… Só os restaurantes perto da Rathaus é que são mais caros, quase o dobro.
      Aproveita a viagem e depois me conta se curtiu!

  2. Oi, Fernanda! Adorei as dicas. Estarei em Dresden entre 6 e 8 de outubro. Já tá no meu roteiro, uma esticadinha para um passeio e algumas cervejas em Neustädt e Kunsthof.

    Beijos!

Deixe uma resposta