Tsarskoe Selo: o Palácio de Catarina na Rússia

Acredite se quiser: esse dia lindo de céu azul que você vê nas fotos começou com uma tempestade pela manhã.

O plano naquele dia de viagem em São Petersburgo era visitar Peterhof – mas como só parou de chover depois do almoço, tentamos fazer o dia valer em outro palácio: não o de Pedro, mas o de Catarina.

Tsarskoe Selo - Palacio de Catarina em Sao Petersburgo
O palácio faz fila no verão

O Palácio de Catarina fica em Tsarskoe Selo, que significa em russo algo como “a vila do Czar”, antiga residência imperial da família Romanov.

É uma das grandes atrações de São Petersburgo. Só perde para Peterhof porque não tem uma cascata de fontes como aquela… Mas por dentro o Palácio de Catarina foi meu preferido!

Tsarskoe Selo - Palacio Tsarskoye Selo
No Palácio de Catarina

Jardins de Tsarskoe Selo

Os jardins são lindos e garantem um passeio encantador. A propriedade é enorme (a gente precisa até de mapa!) e fica afastada do centro de São Petersburgo, numa cidade chamada Pushkin – em homenagem ao poeta russo que estudou ali. (Veja como chegar até lá)

E dentro dessa mesma “vila imperial” a gente também encontra o Palácio de Alexandre, que era a residência favorita do último imperador russo, Nicolau II.

Tsarkoe Selo - Visita ao Palacio de Catarina
O estilo barroco do Palácio de Catarina

Viajamos para a Rússia em maio e pegamos um tempo super agradável. Era primavera e os jardins dos palácios e das praças da cidade estavam realmente floridos.

Foi só a chuva passar que a tarde ficou perfeita para fazer um picnic! Levamos uns sanduíches e compramos croissants de amêndoas num café que tinha por lá, no antigo Almirantado (Admiralty).

Tsarkoe Selo - Cafe no almirantado nos jardins de Catarina
Café ao ar livre no Almirantado

Ainda não tinha começado a alta temporada do verão, então os jardins estavam bem tranquilos, sem confusão de turistas (bem mais tranquilo que Peterhof).

Achei a maior graça dos esquilos que corriam freneticamente de um lado para o outro, como se estivessem brincando de pique-pega… Foi uma tarde realmente muito gostosa!

Tsarkoe Selo - Esquilos subindo na arvore
Esquilos brincando no jardim

Caminhamos com toda a calma pelo imenso jardim, por onde estão espalhadas mais de 20 construções, entre palácios, pavilhões, salas de concerto, salas de banho e torres.

Durante o verão há outras atrações, como passeios de charrete e gôndola no lago que fica no meio da propriedade.

É visível como os czares gostavam de colecionar referências a culturas exóticas: de um arco gótico inglês a uma casa de banho turca ou mesmo um colorido chalé de verão com elementos chineses.

Como chegamos já à tarde, não tivemos tempo de visitar o Palácio de Alexandre, que tem ainda mais elementos asiáticos na decoração do jardim e até uma construção inteira chamada de Chinese Village.

Tsarkoe Selo - Casa de banho do Palacio de Catarina
Anexo do Palácio de Catarina

Achei legal ver como os estilos arquitetônicos foram mudando ao longo da expansão de Tsarskoe Selo – desde o Palácio todo rococó às colunas neoclássicas da Galeria Cameron.

Quando Pedro, o Grande, deu a propriedade de presente a Catarina, foi erguido apenas um palácio de verão. A filha deles, Isabel, foi quem ampliou o palácio e fez os acréscimos na decoração que tornaram o lugar tão luxuoso.

Tsarskoe Selo - Capela
Capela de Tsarskoe Selo

Na geração seguinte, outra czarina continuou a investir na vila imperial. Era Catarina II, que se casou com o neto da primeira e se tornou uma governante ainda mais poderosa, ficando conhecida como Catarina a Grande.

A Galeria Cameron, um de seus lugares favoritos em Tsarskoe Selo, foi idealizada por Catarina a Grande como um lugar ideal para ter conversas filosóficas, por isso tem uma sequência de bustos de grandes pensadores, artistas e figuras históricas que ela admirava.

Tsarkoe Selo - predio anexo Galeria Cameron
Galeria Cameron: um lugar para filosofar

O Palácio de Catarina por dentro

Quem entra para conhecer o interior do palácio azul não pode deixar de observar a Grande Escadaria de mármore, a Sala de Desenho Azul e a Sala de Jantar dos Cavaleiros, onde a mesa ficava constantemente posta para os oficiais da czarina Isabel.

Outra grande atração é a Sala de Âmbar, que além de linda, tem uma história impressionante!

Tsarskoe Selo - Sala de Ambar Palacio de Catarina
Sala de Âmbar – Foto: Singha Quansuwan

Toda coberta pela pedra semi-preciosa, com detalhes em ouro e espelhos, a Sala de Âmbar foi construída originalmente no século 18, como presente da antiga Prússia, e se tornou quase uma lenda depois de ter sido desmontada por soldados nazistas. As partes originais estão desaparecidas desde o fim da Segunda Guerra.

A decoração de âmbar que a gente vê atualmente no palácio é uma reconstrução inaugurada em 2003 – um trabalho que durou mais de 20 anos e contou inclusive com doações da Alemanha.

Tsarskoe Selo - Salao no Palacio de Catarina
Palácio de Catarina por dentro

A invasão alemã durante a Segunda Guerra Mundial danificou terrivelmente os palácios russos. Os nazistas queriam se apropriar das riquezas e abalar o orgulho do império russo.

A restauração de Peterhof já está praticamente concluída, mas em Tsarskoe Selo ainda há bastante trabalho pela frente: dos 55 cômodos do Palácio de Catarina, mais de 20 ainda estão sendo restaurados. É muito emocionante ver as fotos de como os salões eram, todo o patrimônio que se perdeu, e todo o esforço para o palácio reganhar sua grandeza.

Tsarskoe Selo - Palacio de Catarina em restauracao depois da destruicao na Segunda Guerra Mundial
Em restauração: como era o piso original

É admirável o orgulho e a dedicação da Rússia para manter seus prédios históricos. É só ver os detalhes dourados que brilham impecavelmente aqui, nos jardins de Peterhof, no Palácio de Inverno do Hermitage ou mesmo no Teatro Bolshoi. Dá gosto de visitar e faz a viagem ficar ainda mais bonita!

Precisa reservar ingresso online?

Na alta temporada, as filas para entrar no palácio podem ser grandes e os ingressos podem se esgotar. Se a sua viagem for entre julho e agosto, considere reservar o ingresso online (tem que levar o voucher impresso para trocar pelo ingresso na bilheteria) ou contratar um tour.

Tsarkoe Selo - Jardins do palacio de Catarina

Os ingressos para o palácio vendidos no site incluem a entrada para os jardins, mas você deve visitar o palácio primeiro. O preço online é um pouco mais alto que a bilheteria no local, e não permite desconto para estudantes – mas cada ingresso permite a entrada de 1 adulto e até 2 jovens de no máximo 16 anos. As datas são liberadas com 30 dias de antecedência.

Veja como chegar em Tsarskoe Selo
Visto, câmbio e seguro viagem na Rússia: o que saber