Palácios da Rússia: como chegar a Peterhof e Tsarskoe Selo

Para visitar Peterhof e Tsarskoe Selo, que são duas das maiores atrações de São Petersburgo, você tem que ir para regiões que estão literalmente “fora do mapa”. Os palácios muitas vezes não aparecem nos mapas que a gente tem do centro da cidade, e isso dá um certo frio na barriga…

Não é nenhum bicho de sete cabeças, mas como pedir informação em russo não é a coisa mais fácil do mundo, aqui vão as nossas dicas pra você acertar o caminho sem problemas quando for visitar os palácios mais lindos de São Petersburgo!

Tsarskoe Selo - Palacio de Catarina em Sao Petersburgo
Tsarskoe Selo: repare a fila em frente ao Palácio de Catarina!

Como chegar em Peterhof

Para ver a versão russa do Palácio de Versalhes, você tem duas opções: ir de barco ou de ônibus. Veja no site oficial os horários de abertura (pois variam a cada estação) e observe principalmente os horários dos Jardins Inferiores (Lower Gardens), que é onde fica a famosa cascata ladeada de estátuas douradas.

No inverno, a cascata não funciona porque a água congela (!!!) mas ainda é possível visitar o interior do palácio.

Peterhof-Fontes-e-estatuas-na-Grande-Cascata
Fontes e estátuas em Peterhof

Já no verão, fica mais difícil visitar o Grande Palácio, pois de maio a outubro os ingressos não ficam disponíveis online e as filas para comprar no local são enormes. Pode valer a pena comprar um tour guiado, especialmente se a aquisição do ingresso ficar por conta da empresa de turismo.

Nessa época, entre os meses de junho e setembro, você pode ir de barco do centro de São Petersburgo até Peterhof. Esse é o jeito mais rápido de fazer o trajeto: em 40 minutos você cruza o Golfo da Finlândia e desembarca pelo lado dos Jardins Inferiores.

Prefere um tour? Veja passeios guiados para Peterhof 
Peterhof - Jardins Superiores Verhny Park
Verhny Park: um dos vários jardins de Peterhof

É mais cômodo, porém também é mais caro – o ticket só de ida custa 650 rublos (aprox. R$ 30), mais do que o ingresso para ver a atração.

O barco é um hydrofoil (catamarã) que parte do deque no Rio Neva que fica bem em frente ao museu Hermitage. Não tem erro. Só tem que ficar ligado que o ingresso para os Jardins Inferiores só pode ser usado 1 vez – então, se você sair da área dos jardins, pode precisar comprar outro ingresso para embarcar o hydrofoil na hora de voltar.

Vista dos jardins de Peterhof e o canal que dá o Golfo da Finlândia

Mas como nós fizemos nossa viagem no fim de maio, o serviço do hydrofoil ainda não estava operando todos os dias, então nós fomos por terra mesmo, combinando metrô e ônibus.

Já tínhamos um cartão de metrô, e pegamos a linha vermelha até Avtovo (que em russo se escreve Aвтово), uma estação tão bonita que parece um palácio subterrâneo! De lá, sabíamos que havia várias linhas para Peterhof: ônibus 200 e 210 ou vans 224, 424, 424-A e 300 (leia as placas indicando o destino Петергoф). A passagem custa módicos 90 rublos.

Como chegar em Peterhof - Van para Peterhof
Van para Peterhof na saída da estação Avtovo

O que ninguém tinha explicado pra gente é que o ponto de ônibus não é na mesma calçada em que a gente sai do metrô. A gente tem que atravessar a rua para pegar o ônibus no sentido certo do palácio! Não chegamos a embarcar no lado errado, mas foi por pouco! ;)

Tente pedir para descer na “Fontany” ou simplesmente diga “Petergof” (apesar de internacionalmente conhecido como “Peterhof”, os russos escrevem e pronunciam o nome do palácio com “G” em vez do “H”). Dá pra sacar que é a hora de descer quando você vê as grades verdes com colunas amarelas que cercam os jardins do palácio.

Como chegar em Peterhof - Entrada do palacio vista do onibus
Entrada do palácio vista do ônibus

Na hora de voltar, é só sair pelos Jardins Superiores (por esse mesmo portão de grade verde) e pegar qualquer ônibus escrito “Aвтово” no ponto que fica do outro lado da rua. Normalmente tem o símbolo “M” do metrô ou “метро”, que é metrô em russo.

Uma alternativa de melhor custo-benefício é combinar as duas formas de transporte: ir de barco para curtir a vista e chegar mais cedo, depois voltar de ônibus para economizar.

Como chegar em Peterhof - Onibus na volta de Peterhof para Sao Petersburgo
Onibus na volta de Peterhof para o metrô

Considere também comprar os tickets online, pois essa é uma das atrações mais concorridas de São Petersburgo. Cada pavilhão tem um ingresso à parte – as atrações principais são o Grande Palácio e os Jardins Inferiores, mas você também pode visitar capela, gruta e vários outros prédios anexos espalhados pelo complexo.

Como chegar em Tsarskoe Selo

Agora que você já sabe como chegar a Peterhof, vamos ver como se faz para ir por conta própria até o palácio de sua esposa Catarina. O Palácio de Catarina fica numa espécie de “vila imperial” chamada Tsarskoe Selo, onde também há mais um palácio, o de Alexandre (mas que não chama tanto a atenção quanto o de Catarina).

Como chegar em Tsarkoe Selo - Onde pega o onibus para Palacio de Catarina
Saindo do metrô, procure este prédio

O esquema para ir até lá também combina metrô e ônibus. Nesse caso, você pega a linha azul do metrô até a estação Moskovskaya (Московская) e de lá procura um prédio bem grandalhão, cheio de colunas, que fica atrás de um monumento a Lênin.

O terminal de ônibus fica diante desse prédio, com um monte de vans e ônibus parados ali. Você pode pegar as linhas 286, 287, 299, 342, 347a, 545 ou 545a.

Como chegar em Tsarkoe Selo - Onibus para Pushkin Palacio de Catarina
Ônibus para Pushkin

Atenção às placas que indicam os destinos, pois é muito difícil identificar qualquer palavra que se pareça com “Tsarskoe Selo” ou “Ekatherine Palace”. Normalmente o destino mais anunciado é “Pushkin” (Пyшкин), que é o nome da cidade onde fica a vila imperial.

No caso de Tsarskoe Selo, vale a mesma dica que demos para Peterhof: confira no site oficial os horários de funcionamento em cada época do ano, tanto para o Palácio de Catarina quanto para o Palácio de Alexandre.

O que fazer em Sao Petersburgo - Nanda no Palacio de Catarina
Palácio de Catarina em São Petersburgo

Uma coisa curiosa é que, na entrada do palácio, tinha duas meninas vestidas de paquitas! :) Também vi outras duas perto do Hermitage, oferecendo para tirar fotos com os turistas.

Eu não entendi exatamente se a Rússia tem uma super tradição de majorettes (sabe aquelas bandas de meninas que desfilam tocando tambor e fazendo acrobacias?) ou se é algum tipo de referência a uniforme militar usado em alguma guerra histórica. Se alguém descobrir me conta?!

Como chegar em Tsarkoe Selo - Paquitas russas na entrada do Palacio de Catarina
Paquitas russas

Reserve um dia para cada passeio

Cada um dos palácios exige um dia inteiro de passeio – não conte em visitar nenhum museuzinho sequer no mesmo dia se você pretender ver os palácios por dentro, além de explorar os jardins.

Se o tempo de viagem for curto, uma alternativa é buscar um tour guiado que combina os dois palácios para acelerar a programação e evitar filas. É corrido, mas é uma solução.

Cascata de Peterhof
Cascata de Peterhof: a grande atração do palácio!

Se você for por conta própria e só puder visitar um deles, acho que Peterhof merece a prioridade. Aliás, a dica é ir bem cedo para Peterhof logo no primeiro dia de sol que você pegar em São Petersburgo. Aqueles jardins ficam ainda mais deslumbrantes se vistos sob um belo céu azul.

Pegamos alguns dias de chuva na viagem e a sorte era que nossa programação em São Petersburgo não estava muito apertada, daí pudemos esperar o tempo abrir para visitar os palácios. Tivemos o privilégio de ver com as estátuas douradas de Peterhof brilhando ao sol e com certeza isso faz toda a diferença na experiência que a gente tem ao visitar o palácio.

Tsarkoe Selo - Cafe no almirantado nos jardins de Catarina
Cafe no almirantado nos jardins de Catarina

É por isso que eu sempre gosto de deixar um dia extra no planejamento da viagem, porque ter que fazer esse tipo de passeio debaixo de chuva não deve ser legal – a começar pelo chão de terra dos jardins… Não deixe de ver aqui no blog nossas 10 dicas práticas para planejar sua viagem pela Rússia ;)