Para quem viaja pela região da Emilia Romagna, a cidade de Parma é uma parada obrigatória. Com suas ruas sem semáforos e seus prédios multicoloridos, vagar pela cidade já é prazeroso. Mas o passeio fica melhor ainda com os queijos, prosciuttos e vinhos da região!

parma-italia-casas-coloridas-foto-do-blog-vontade-de-viajar

Casas coloridas em Parma

Aproveitei minha estadia em Bolonha e tirei um dia para conhecer a cidade. Peguei um trem logo de manhã (a viagem dura cerca de 1h e a passagem custa 7 euros) e tive tempo para apreciar a cidade da melhor maneira: a pé!

parma-italia-palazzo-dela-pilotta-foto-do-blog-vontade-de-viajar

Palazzo dela Pilotta

Logo perto da estação já está localizado o Palazzo dela Pilotta, que teve seu nome em homenagem ao jogo espanhol que era praticado em seu interior – a pelota. O palácio foi duramente danificado durante a Segunda Guerra Mundial e hoje em dia abriga a Galleria Nazionale, com as principais obras de arte de Parma. Uma delas é La Spiaggia, um curioso quadro de Renato Guttuso que faz homenagem a Pablo Picasso colocando o pintor no meio da cena.

parma-italia-teatro-farnese-foto-do-blog-vontade-de-viajar

Teatro Farnese

O palácio também abriga o incrível Teatro Farnese, construído nos moldes dos teatros olímpicos, só que feito totalmente de madeira.

O passeio continua até a Piazza Garibaldi, passando pelos lindos prédios coloridos de Parma e por várias feiras de rua no caminho até chegar lá. Nas barraquinhas você encontra de tudo, de antiguidade a comidas regionais.

parma-italia-piazza-garibaldi-foto-do-blog-vontade-de-viajar

Piazza Garibaldi

Piazza Garibaldi é o coração de Parma, onde ficam o Pallazo del Governatore e a Igreja di Santa Maria dela Steccata, além de inúmeros restaurantes e lojas. Não resisti e me rendi à uma das prosciutterias mais famosas da cidade, a La Prosciutteria Noi da Parma, onde degustei vários salames e presuntos diferentes!

parma-italia-presunto-di-parma-foto-do-blog-vontade-de-viajar

Salame e presunto di Parma

Isso abriu meu apetite e segui em direção ao restaurante recomendado por um amigo que esteve recentemente na cidade, a Trattoria del Tribunale onde comi mais um prato de Prosciutto di Parma (tem que aproveitar, né?) e um delicioso risoto de parmigiano reggiano (o verdadeiro queijo parmesão!) acompanhados de uma taça de Pinot Grigio!

Quem aí ficou com água na boca? 😋 Prosciutto di Parma! #VontadeDeViajar #Parma #BlogVille #ViaEmilia #inEmiliaRomagna #VontadeDeViajarItalia

A post shared by Vontade de Viajar (@vontadedeviajar) on

 

Voltei a bater pé pela cidade para fazer a digestão do meu delicioso almoço! Caminhei até a Piazza del Duomo onde está a catedral da cidade, construída em 1106, e o incrível Battistero, tão lindo que quase ofusca o Duomo. Vale a pena pagar o ingresso de 4 euros para ver aquele batistério em forma octogonal totalmente feito de mármore rosa (a construção praticamente esgotou o mármore rosa de Verona).

Parma Italia - Piazza del Duomo e Batisterio - foto do blog Vontade de Viajar

Piazza del Duomo e o Batistério

Terminei meu roteiro visitando o Museu Glauco Lombardi, um lindo apartamento repleto de pertences de Maria Luísa da Áustria, segunda esposa de Napoleão Bonaparte e sobrinha neta da excêntrica Maria Antonieta. Maria Luísa foi duquesa de Parma e viveu na cidade até a sua morte.

Mas eu não podia embarcar no trem de volta a Bolonha sem antes comprar um gelato de pistachio (meu sorvete preferido!) na famosa Emilia Cremeria 🙂

parma-italia-degustacao-de-presunto-de-parma-foto-do-blog-vontade-de-viajar

As delícias de Parma, Itália

Parma é uma cidade que pode ser facilmente visitada em um dia, mas se quiser passar a noite para aproveitar ainda mais o que ela oferece, uma opção é o Century Hotel, que foi recentemente reformado tem bom custo-benefício. Também fica a dica para quem está a caminho de Milão, onde os hotéis tendem a ser bem mais caros: melhor passar a noite em Parma e seguir viagem pela manhã..

Share

 

27 Comentários

  1. Carol, adorei este teu post!
    Não há um canto na Itália que não seja interessante (e guloso hahahahahaha – ok ok…. sou mega suspeita!!!!! Meu sangue romagnolo é super forte). Pretendo um dia fazer uma viagem apenas pela Emilia-Romagna, seria uma viagem gastronômica por excelência!
    Porém, eu preciso contestar (rs). O “crudo” de Parma é uma delicia, mas você já comeu um Pata Negra???? hummmmmmm
    Esse risoto é novidade para mim, apesar do parmigiano ser o meu queijo preferido (e nem precisa ser o reggiano!)! 😉

    • Olha, Juliana… Difícil escolher o melhor! Acabei de voltar da Espanha e trouxe um pedaço de jamón ibérico que tá competindo seriamente pelo título! Enquanto a gente não descobre, o jeito é ir viajando e experimentando todos! 😀

    • Nada melhor que viajar e comer, né Fe?

      Eu me lembro de duas ocasiões (em Portugal) que comemos o Pata Negra como antipasto. Na 1°, quando provei, falei ao meu marido: “Nossa…. esse crudo de Parma é divino!”
      E o garçom que estava na mesa servindo o vinho me disse: “E’ divino porque não é de Parma”
      hahahahahaha
      Achei curioso!

      No segundo, quando pedimos o presunto como antipasto, antes de cometer qualquer gafe, perguntei de onde era o presunto e o garçom
      “Obviamente da Espanha”!

      Nunca coloquei os dois um do lado do outro, mas um dia farei isso!
      😉

  2. Que cidade mais fofa, adoro lugares com esses prédios coloridos. Sou louca para conhecer a Itália e a gastronomia do lugar é algo indispensável para quem visita o país, adorei essa dica do restaurante 🙂

  3. Fico 10kilos mais gordo facilmente se eu visitar Parma! E acredito que os preços devem realmente ser bem convidativos à comilança desenfreada né?! Belo post, abraço e parabéns pelas belas fotos

  4. Nossa, que lindo o Palazzo dela Pilotta, não conhecia e fiquei com vontade de conhecer!
    Obrigada pela opção mais do que interessante de bate e volta ou viagem curta a partir de Bolonha.
    E se fosse eu no seu lugar, ÓBVIOO que também iria comer presunto de parma em tooodas as refeições!!! <3

    • Oi, Geferson! O valor varia de acordo com o tipo de restaurante, hábitos de consumo etc. mas a média é de 15 a 30 euros.
      Abs e boa viagem!

Exibir Comentários