Segredos da Catedral de São Vito, em Praga

A Catedral de São Vito (St. Vitus Cathedral) é definitivamente a atração número 1 do Castelo de Praga. Ela abriga as joias da Coroa Tcheca e também as tumbas de santos e antigos reis, incluindo o padroeiro São Wenceslau, o queridinho São João Nepomuceno e o poderoso Rei Carlos IV (que deu nome à famosa Ponte Carlos, maior cartão postal de Praga).

catedral-de-sao-vito-a-igreja-no-castelo-de-praga
Catedral de São Vito, em Praga

A fachada é riquíssima em detalhes, nenhuma gárgula é igual a outra, uma coisa impressionante.

Eu, que sou apaixonada por curiosidades e cultura inútil, achei graça de descobrir um pequeno detalhe: os quatro homens de terno logo abaixo da roseta da porta principal. O que eles estão fazendo na fachada de uma igreja que data de 1340?!?

catedral-de-sao-vito-homens-de-terno-na-fachada
Repara nos homens de terno embaixo da roseta

A imagem deles é uma espécie de “easter egg” que registra um marco na história da Catedral e de toda a cidade de Praga 🙂

É que a Catedral de São Vito levou quase 600 anos para ficar pronta (!!!!), pois a obra era sempre interrompida por sucessivas guerras e pragas que assolaram o antigo Reino da Boêmia.

Catedral de Sao Vito Praga - homens de terno na fachada da igreja
Aí estão os arquitetos e engenheiros

Esses caras de terno foram os engenheiros e arquitetos que finalizaram a construção, já no século 20. Embora o projeto não fosse originalmente deles, deve ter rolado um orgulho enorme de enfim entregar a igreja pronta!

Acabaram figurando ao lado dos brasões, criaturas míticas e outros símbolos históricos. Mas, no meio de tantos detalhes góticos, quase ninguém nota que eles estão lá!

Catedral de Sao Vito - Catedral de Praga
600 anos de construção

Foi assim que, ao longo do tempo, a igreja acabou misturando elementos medievais, góticos e modernos.

Tanto que um dos seus vitrais mais famosos tem um estilo bem diferente dos demais. Repara a diferença de traços entre o vitral da direita e o vitral da esquerda na foto abaixo.

catedral-de-sao-vito-vitrais-coloridos-de-alphonse-mucha
Os vitrais coloridos de Alphons Mucha

O da direita foi pintado pelo artista Alfons Mucha, um dos maiores nomes da Art Nouveau, que estava no auge de sua carreira na época em que a catedral estava sendo concluída.

Mucha criou posters de teatros de Paris que fazem sucesso até hoje e foi uma figura importante na história tcheca – vale a pena ler sobre ele aqui.

catedral-de-sao-vito-o-estilo-gotico-da-igreja-de-praga
O estilo gótico da Catedral de São Vito

Também achei interessante reparar que as pedras da fachada têm tons diferentes: as mais escuras são mais antigas, as mais claras vieram com as reconstruções e avanços da obra. São séculos de história bem na nossa frente.

Saindo da Catedral, vale ainda contornar o lado de fora para ver outros detalhes interessantes, como a estátua de São João Nepomuceno, fiel confidente da Rainha Sofia, que fica atrás da construção.

catedral-de-sao-vito-a-silhueta-da-igreja-contra-o-sol
As torres da Catedral de São Vito

Quem tiver fôlego também pode subir a torre principal da igreja. Eu confesso que não encarei, mas a julgar pelas vistas que se têm na escadaria do castelo, deve ser um visual incrível.

Albergue ou hotel? Veja onde ficar em Praga
Compare seguros de viagem e encontre o melhor preço

6 comentários

  1. Para os brasileiros, a discreta igreja de Nossa Senhora da Vitória também vale uma visita. Entramos lá por causa da nossa filha Vitória, mas tivemos duas lindas surpresas: nela ficam o Santuário da famosa imagem do Menino Jesus de Praga e uma linda imagem de Nossa Senhora de Aparecida!

Deixe uma resposta