Day trip da Jordânia para Israel: um dia na Terra Santa

Durante nossa viagem pela Jordânia, decidimos pegar um dia e atravessar a fronteira para conhecer Jerusalém, em Israel, e Belém, na Cisjordânia. Da região do Mar Morto é possível fazer este trajeto de ônibus.

Fizemos a reserva por debaixo dos panos com um funcionário do nosso hotel, já que países árabes não têm um bom relacionamento com Israel.

Israel - A Terra Santa vista do alto
A famosa cúpula dourada do Domo da Rocha

Passeio da Jordânia para Israel

Um motorista nos buscou em nosso hotel e nos levou à fronteira. Apesar do suspense em torno deste passeio, é um trajeto bem tranquilo e lícito / legal / permitido.

O lado da Jordânia possui um ônibus que transporta os visitantes e os funcionários da imigração cuidam de todo o trâmite burocrático para sairmos do país.

Jerusalem - Um dia na Terra Santa
Terra Santa: locais de peregrinação

O trajeto dura 20 minutos de ônibus e ao chegar no lado de Israel, passamos pelo procedimento normal de imigração – o visto é concedido na hora.

A única diferença é que nossos passaportes não são carimbados e o visto é anexado em um papel à parte,  porque muitos países árabes não veem com bons olhos o carimbo de Israel.

Jerusalem - Um dia em Israel
Nosso passeio de um dia em Israel

Roteiro de 1 dia em Belém e Jerusalém

Em Israel outro motorista nos esperava e nossa aventura do outro lado da fronteira foi dividida em dois passeios: Belém e Jerusalém. Como ficamos pouco tempo nas cidades, priorizamos conhecer o principal.

Em Jerusalém quisemos percorrer a Via Dolorosa, retratando os últmos momentos de Jesus Cristo até o Santo Sepulcro, o Muro das Lamentações e o Monte das Oliveiras.

Israel - Velas na Igreja da Natividade Belem
Igreja da Natividade: local de nascimento de Jesus

Em Belém, nosso foco foi a Igreja da Natividade, local de nascimentro de Jesus Cristo, e demos também uma passada pelo Muro da Cisjordânia, que tive muita curiosidade em conhecer.

Assim que chegamos em Jerusalém, fui a uma casa de câmbio e troquei o equivalente a 200 dólares pela moeda local, que é o Novo Shekel. Foi o suficiente para fazer os passeios guiados e cobrir outros gastos, como comida e souvenirs.

Jerusalem - Terra Santa
Toda a história da Terra Santa

Belém: onde nasceu Jesus

Belém, local de nascimento de Jesus Cristo, é uma cidade palestina localizada na parte central da Cisjordânia. Israel controla a entrada e a saída de Belém, e tivemos que apresentar nosso passaporte na entrada e na saída da cidade aos soldados israelenses.

O fato de eu ter estudado sobre a religião durante todos meus anos no colégio fez a viagem a Belém me encantar profundamente. Visitar cada cantinho que Jesus nasceu, viveu e morreu, foi uma experiência incrível e é algo que vou guardar pro resto da vida.

Israel - O local do nascimento de Jesus na Igreja da Natividade em Belem
Igreja da Natividade, em Belém

A Igreja da Natividade, principal ponto turístico da cidade, foi construída em 326 sobre o local do nascimento de Jesus e é uma das mais antigas igrejas em uso no mundo.

Para entrar, a gente tem que se passar pela chamada “porta da humildade”, uma porta de 125 cm de altura que obriga todos a se curvarem ao adentrar a igreja.

Israel - Um dia em Jerusalem
Day trip da Jordânia para Jerusalém

Lá dentro da Igreja está localizada a Gruta da Natividade, onde foi o local exato de nascimento de Jesus, marcado por uma estrela de prata de 14 pontas sobre um piso de mármore.

Muro da Cisjordânia

Para entrar em Israel, o sistema de segurança é fortíssimo. Os guardas passaram detectores anti bomba embaixo do carro e verificaram o passaporte olhando bem nos nossos olhos, parecia cena de filme.

Israel - Graffiti Banksy em Jerusalem
Um dos graffitis de Banksy em Belém

Entre as duas cidades é possível ver o polêmico Muro da Cisjordânia, construído pelo Estado de Israel para evitar a infiltração de terroristas no país.

No lado palestino, o muro passou a ser alvo de diversas manifestações artísticas, ganhando grafites e desenhos. O artista britânico Banksy desenhou uma série de ilustrações satirizando a obra que segregou os palestinos dos israelenses.

Israel - Local de nascimento da Virgem Maria
Não se sabe se a Virgem Maria nasceu em Belém ou Jerusalém

Locais sagrados de Jerusalém

Em Jerusalém, cidade santa para judeus, muçulmanos e cristãos, iniciamos nosso passeio pela Via Dolorosa.

Esta rua começa na Porta do Leão e percorre as catorze estações pelas quais Jesus percorreu ao carregar a cruz até o local onde ele foi crucificado, sepultado e de onde ressuscitou no Domingo de Páscoa, a Igreja do Santo Sepulcro.

Israel - Via Dolorosa em Jerusalem
Via Dolorosa: por onde Jesus carregou a cruz

A Igreja é abarrotada de fiéis e para fazer a visita é preciso ter muita paciência, já que a maioria está muito emocionada e é bem difícil se movimentar na igreja pela quantidade de pessoas.

Depois de visitar a Cidade Velha de Jerusalém, seguimos o passeio para o bairro judeu, notoriamente mais limpo e bem organizado.

Israel - Via Dolorosa Jerusalem
Percorrendo a Via Dolorosa

Muro das Lamentações, em Jerusalém

Era chegada a hora de visitamos o lugar mais sagrado da Terra Santa para os judeus: o Muro das Lamentações. A importância se dá porque é a única parte que sobrou da destruição do Templo de Salomão, o primeiro templo construído em Jerusalém.

Muitos fiéis judeus visitam o local para orar e depositar seus desejos por escrito em pequenos pedaços de papel entre as pedras do muro.

Israel - Carol Muro das Lamentacoes Jerusalem
Muro das Lamentações, em Jerusalém

A segurança em torno do Muro das Lamentações me impressionou muito também – e uma coisa curiosa é que o muro é separado no lado masculino e no lado feminino.

Não há restrições formais em relação a roupa dos visitantes, mas é importante respeitar a cultura local e entender que este é um local religioso – por isso não é recomendado usar muitas roupas abertas.

Israel - Muro das Lamentacoes em Jerusalem
O lugar mais sagrado da Terra Santa

O passeio terminou no Monte das Oliveiras e o visual espetacular sobre a cidade de Jerusalém e o Monte do Templo, com a vistosa cúpula dourada do Domo da Rocha dominando o horizonte.

O Domo da Rocha é um dos mais antigos monumentos islâmicos, um lugar sagrado para os muçulmanos. É enorme a emoção de estar numa cidade que várias religiões consideram Terra Santa, e pensar em tudo o que essa região viveu e ainda vive.

Israel - Vista do Monte das Oliveiras
Vista do Monte das Oliveiras

Tivemos um motorista e um guia o tempo todo com a gente para fazer esse roteiro de um dia em Israel – saímos do hotel às 8h e só voltamos às 18h.  Éramos um grupo de 4 pessoas e o preço do serviço foi aproximadamente 100 dólares para cada. Valeu super a pena ver toda essa história de perto!

5 comentários

    1. A Terra Santa não estava no meu roteiro original, mas quando decidi sair um dia da Jordânia para visitá-la, senti que valeu muito a pena! Quero voltar a Israel para conhecer mais sobre o país!

Deixe uma resposta