Stopover em Dubai: brasileiro precisa de visto para os Emirados?

Nossa visita aos Emirados Árabes Unidos (EAU) surgiu como um “stop over” no voo do Rio de Janeiro para Bangkok, que era nosso destino final, na Tailândia. Passamos apenas 2 noites em Dubai para conhecer um pouquinho da cidade antes de seguir viagem. Foi uma parada muito estratégica por dois principais motivos:

1) Ter uma noite inteira de sono

É bom poder descansar do voo longo, pois do Rio até Dubai foram 14 horas de viagem e de Dubai para Bangkok ainda teríamos mais 6 horas pela frente. Faz muita diferença passar a noite num hotel (e tomar banho etc.) em vez de cruzar o mundo só com cochilos na poltrona do avião.

2) Se acostumar com o fuso horário

O stop over também nos ajudou a acostumar com o fuso horário, pois Bangkok tem o fuso horário 10 horas à frente do Rio. Parando em Dubai, que fica no meio do caminho, nos adaptamos aos poucos e evitamos um jetlag ainda maior!

Dubai - Burj Khalifa predio mais alto do mundo
No prédio mais alto do mundo

Brasileiro não precisa de visto para Dubai

Em 2018, deixou de ser necessário o pedido de visto antecipado para brasileiros viajando aos Emirados Árabes, o que facilita ainda mais o stop over em Dubai ou Abu Dhabi.

O visto passou a ser emitido diretamente no aeroporto, na hora do desembarque (assim como acontece em uma viagem para a Europa, por exemplo). Não há custos ou taxas.

A isenção vale para turismo, trânsito ou visitas de negócios, desde que a estadia seja de até 90 dias. O único requisito é o passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data da viagem.

Mas se a viagem for para trabalho ou estudo, é preciso tirar visto específico para essas atividades.

Dubai - Aeroporto dourado da Emirates
Aeroporto dourado: o terminal de luxo da Emirates

Como tirar o visto pela Emirates

Como nossa viagem a Dubai aconteceu antes da isenção de visto, tivemos que tirar o visto dos EAU. Fizemos o requerimento pelo site da Emirates, e o processo foi bem simples. Bastou informar o código de reserva da passagem, preencher o formulário na própria página da companhia aérea e anexar os documentos (cópia do passaporte, comprovante de residência etc.).

Fizemos esse processo no mês anterior à viagem e recebemos o visto em cerca de 1 semana. O processo é todo online e o visto vem em formato digital, para você mesmo imprimir e apresentar ao chegar no país.

Ao preencher o formulário, as datas de entrada e saída do país foram usadas para calcular o período de estadia e o valor da taxa: AED 190 (R$ 120) para o visto de trânsito (até 96 horas) ou AED 275 (R$ 170) para o visto de turismo (até 30 dias).

Dubai - hotel 7 estrelas Burj El Arab
O famoso hotel 7 estrelas Burj El Arab

No nosso caso, o visto de trânsito foi suficiente para a nossa estadia em Dubai, no stop over que fizemos em direção à Ásia. No voo de volta da Tailândia para o Brasil, não precisamos apresentar visto nenhum pois era apenas uma escala curta (menos de 8h entre um voo e outro).

Para mais informações sobre os tipos de visto para os EAU, vale consultar o site da Emirates e a Embaixada dos Emirados Árabes.

Tudo pronto para a viagem? Veja dicas de passeios aqui:

O prédio mais alto do mundo e o moderno centro de Dubai
O pôr-do-sol e o safari no deserto árabe