Se você já visitou a Heineken em Amsterdam ou a Guiness em Dublin, pode esquecer tudo o que você viu. Na visita guiada a esta cervejaria em Londres, não tem cenários nem posters de propaganda.

Você anda por entre as máquinas que estão em realmente em funcionamento, produzindo ali na sua frente uma das 5 cervejas tradicionais da casa ou uma de suas edições especiais.

camden-town-brewery-tour-na-cervejaria

A impressão é que as cervejas da Camden Town Brewery são feitas por um grupo de amigos – e é mais ou menos por aí mesmo. Quem começou tudo foi um cara chamado Jasper, que é dono do pub The Horseshoe, e resolveu começar a fazer cervejas no porão do bar. Hoje são 35 pessoas no total, vindas de tudo quanto é lugar do mundo.

camden-town-brewery-tour-na-cervejaria-em-londres

Não tinha bairro melhor para essa cervejaria em Londres – eles são a cara de Camden Town, o bairro que foi cenário do movimento punk, casa de Amy Winehouse, e ainda hoje é frequentado por gente alternativa e divertida. Mas a verdade é que desde que eles se instalaram ali, em 2010, a produção cresceu tanto que eles já estão considerando se mudar!

camden-town-brewery-mestres-cervejeiros

A galera da Camden Town Brewery gosta de criar misturas dos tipos tradicionais de cerveja. A mais famosa deles é a Hells, que é Helles com Pils (Pilsen), mas a gente gostou mesmo foi da IHL, que combina os estilos India Pale Ale, Helles e Lager. Vale experimentar alguma da Versus Series também, que são os rótulos criados em parceria com outras cervejarias.

camden-town-brewery-linha-de-producao-cervejaria

Uma coisa que você vai reparar é que eles são uma das poucas cervejarias artesanais que usam latinha. Alguns dos rótulos também são engarrafados e podem ser encontrados em pubs de Londres e de outras cidades do UK, como Brighton, Bristol, Leeds e Edimburgo, mas nada se compara a beber a cerveja ali mesmo onde ela é feita, direto do barril.

camden-town-brewery-bar-da-cervejaria

O bar da Camden Town Brewery, que funciona de meio dia às 10h da noite de quinta a domingo, tem sempre 6 cervejas na choppeira (on tap) – mas se quiser algo diferente também tem uma geladeira cheia com outros rótulos e edições especiais.

Do lado de fora, mesas grandonas estilo “beer garden” e uma barraquinha onde marcas londrinas de burgers e BBQ se revezam dependendo do dia da semana, para servir comida aos frequentadores do bar.

camden-town-brewery-estilo-de-cerveja-ihl

Para fazer uma visita guiada na cervejaria, você tem duas opções: um tour de 30 minutos aos sábados às 13h e às 14h (que é por ordem de chegada e pede apenas um valor de doação às instituições de caridade do bairro) e um tour de quase 2 horas às quintas às 18h30 (que custa £ 12 e precisa ser reservado com antecedência pelo site Event Bite). Cada tour é limitado a 10 pessoas, então os ingressos são concorridos!

camden-town-brewery-bar-da-cervejaria-em-londres

Nós fizemos o tour completo de quinta-feira. A melhor parte é que, a cada etapa do circuito, eles dão uma latinha de um tipo diferente de cerveja, para você entender na prática o que eles estão explicando sobre lúpulos, leveduras e coisa e tal. E isso faz o preço do tour valer cada centavo 😀

camden-town-brewery-barraca-de-comida-no-bar

A fábrica de cerveja fica debaixo dos arcos de uma ferrovia – mas apesar de a estação Kentish Town West estar bem ali em cima, ela fica numa linha de trem que você dificilmente vai usar.

Considerando as linhas de metrô (Tube, como os londrinos chamam) mais conectadas ao centro da cidade, as estações mais fáceis são Camden Town ou Chalk Farm, que ficam a uns 10 ou 15 minutos da cervejaria.

O que eu e Guilherme fizemos foi chegar cedo para dar uma rolé pelo bairro antes do horário da visita guiada na Brewery. Descemos na estação Camden Town e fomos nos perdendo entre mercados e lojinhas da Chalk Farm Road até chegar à Harmood Street.

No final dessa rua, você dá de cara em um parque e vê a entrada da cervejaria à esquerda, embaixo da linha ferroviária. Mas mesmo que você não queira ver os bastidores da produção, fica a dica para dar ao menos um pulinho no bar!

Share

 

7 Comentários

Exibir Comentários