3 Dicas - Lojas de discos de vinil em Paris - blog Vontade de Viajar - foto Huffington Post

Os franceses são apaixonados por música – na década de 90 era muito comum ver artistas americanos lançarem videoclipes com versão especial para a França, lembra? Ainda hoje, é um dos países que mais compram LPs e CDs no mundo, e isso faz de Paris um ótimo destino para colecionadores de discos de vinil.

Como fã da Madonna, eu sempre soube que existia em Paris uma loja dedicada a ela. Na minha primeira viagem para lá, aproveitei o fim de semana pra conhecer tudo o que podia e, óbvio, fui visitar essa loja que se chama Lucky Records (em alusão a uma das primeiras músicas dela, Lucky Star).

3-dicas-vinil-em-paris-discos-da-madonna-foto-rebel-heart-on-vinyl

Discos da Madonna – Foto: Rebel Heart on Vinyl

Acabei descobrindo toda uma cena de lojas de discos de vinil em Paris, com boas surpresas para quem curte música pop. E esse é o tema das minhas 3 dicas 🙂

1. Loja Lucky Records, no Marais

A Lucky Records fica no Marais (66 Rue de la Verrerie) e é uma típica loja francesa, relativamente pequena, mas você consegue ver de longe porque é toda decorada de pôsters e lambe-lambes da Madonna, além de uma bancadinha com discos em promoção.

Quando você entra é como se você tivesse num museu, tem tanta coisa que é praticamente possível organizar direito rsrsrs! Tem discos até o teto (mesmo). É possível encontrar desde LP’s e singles até colecionáveis, edições especiais, edições limitadas de qualquer coisa que a Madonna já tenha lançado.

3-dicas-vinil-em-paris-lucky-records-foto-on-mag

Lucky Records – Foto: On Mag

Livros raros, bonecas inspiradas em filmes que ela fez nos anos 80, revistas, tourbooks, certificações de discos de ouro, platina, etc. A Lucky tem absolutamente de tudo!

Mas o que mais me chamou a atenção eram memorabilias coletadas por fãs ao longo da carreira dela, como os balões que caíam nos finais dos shows da turnê de 2006, dinheiro cenográfico de uma turnê de 88… Por pouco não comprei um quadro com todos os ingressos de todas as turnês que ela fez de 85 a 2012!

Imagina o que é pra um fã estar ali naquela loja! Depois de meia hora admirando boquiaberto todas essas coisas, comecei de fato a ver preços e garimpar discos pra mim (meu foco eram coisas que não consigo encontrar no Mercado Livre e sebos do Rio).

Legal foi descobrir que tudo tinha preço justo – comprei o segundo single da carreira dela, lançado em 83, em perfeito estado, por 10 euros. Por aqui não acho por menos de 80 reais.

3-dicas-vinil-em-paris-madonna-na-lucky-records-foto-cintia-pina

Madonna na Lucky Records – Foto: Cintia Pina

Bati um papo com um dos donos da loja, que é muito fã da Madonna e acompanha a carreira dela desde o início. No início da década de 90, eles editavam uma revista sobre itens colecionáveis da cantora – com o sucesso das assinaturas da revista, abriram a loja em 1992, e aos poucos foram incluindo no acervo itens de outros artistas do pop mundial também.

Os sócios trabalham no balcão até hoje: Maurice e Georges estão sempre por lá, ao lado do marido de Christophe, o terceiro fundador da Lucky Records, que faleceu uns anos atrás.

2. L’International Records, em Oberkampf

L’International Records é uma loja fofa e relativamente recente, inaugurou em 2012. Rapidamente se tornou a queridinha dos locais, por pertencer aos donos do bar L’International – um dos endereços clássicos na cena de rock parisiense, onde volta e meia tem shows com entrada grátis.

3-dicas-vinil-em-paris-loja-de-discos-linternational-records-foto-timeout

Discos alternativos na L’International – Foto: Timeout

O aspecto é bem diferente da Lucky, porque aqui não tem memorabilia. Entre discos novos e de segunda mão, tem muita coisa bacana a venda e é possível achar de tudo, especialmente se você curte rock independente e música eletrônica. Todo dia tem um DJ set diferente, então enquanto você tá nas prateleiras olhando os discos tem sempre música boa tocando!

L’International Records fica no 11ème arrondissement (12 Rue Moret), na região de Oberkampf, para os lados de Belleville e Canal St. Martin.

3-dicas-vinil-em-paris-linternational-records-foto-record-stores

Festinha na L’International – Foto: Record Stores

3. Illogicall Music, em Pigalle

A terceira loja de discos que escolhi para indicar eu conheci por acaso na última viagem. Estava voltando da região de Pigalle (onde fica o Moulin Rouge) para o albergue e de repente ouço Madonna tocando na rua rsrsrs… Vi a loja de discos e precisei entrar! Era a Illogicall Music (63 Rue Blanche).

Quando cheguei lá surtei, por que a loja é o dobro da Lucky Records! A diferença é que a Illogicall não é focada em Madonna, mas em música pop. Tem milhões de coisas de todos os artistas pop que você possa imaginar e muitos que você nem conhece hahaha Queria ter conhecido essa loja na primeira viagem, quando eu tava com mais dinheiro para gastar!

3-dicas-vinil-em-paris-illogicall-music

Isso porque não é especializada – Foto: Illogicall Music

Lá eu descobri pop francês, que até então era meio inexistente pra mim. Passei a conhecer melhor artistas como Zaz, Yelle, Joyce Jonathan e Mylène Farmer (que faz um sucesso enorme na França mas na verdade é canadense).

A Illogicall tem tem o maior acervo de singles pop em toda a França, é tipo o paraíso de quem gosta de música pop. Eles vendem pela internet também (enviam para o Brasil, o que é meio raro) e aceitam encomendas – quer dizer, se você quiser um item que eles não tenham, eles vão atrás do disco pra você. E sempre com preço justo.

Puxei assunto com uma pessoa da loja e, quando mencionei que era brasileiro, ele sorriu e disse “vou de taxi” – explicando que o hit da Angélica nos anos 80 é versão de uma música francesa, da Vanessa Paradis. Em algum momento da vida eu soube disso mas apaguei da cabeça rsrsrs Ele catou o single dela na prateleira e colocou pra tocar 🙂

Disquaire Day: festival dos discos

Existem várias lojas de discos de vinil em Paris que são super interessantes, justamente pelo porque os franceses ainda consumem e de fato compram bastante música. Até em lojas da FNAC você acha muita coisa em vinil.

3-dicas-vinil-em-paris-discos-de-vinil

Discos de vinil: uma paixão

Algumas outras que eu visitei e valem a pena foram Musiques Musiques (13 Rue Gerando), que tem foco em primeiras edições e também tem bastante coisa rara; a La Silence de la Rue (39 Rue Faidherbe), que foca mais em músicas francesas mas também tem títulos internacionais dos anos 60 e 70; e também a Heartbeat Vinyl (26 Rue Godefroy Cavaignac), com grande acervo dos anos 50, 60 e 70.

Quem viaja para Paris em abril ainda pode aproveitar o Disquaire Day, que é um festival voltado para amantes de música e colecionadores de discos. As melhores lojas de discos de vinil em Paris participam trazendo artistas, fazendo promoções nas lojas e promovendo eventos.

3-dicas-vinil-em-paris-disquaire-day-festival-de-discos-em-paris

Festival de discos em abril

Mesmo que você não esteja lá na data do festival, uma dica legal é entrar no site do Disquaire Day para conferir as lojas participantes e pegar os endereços. Todas as que eu fui são muito boas! 🙂

Foto de capa: Coleccion de Vinilos
Share

 

Seja o primeiro a comentar

Close