Comino e Gozo: o mar azulzinho das ilhas de Malta

Malta é um lugar único e super pitoresco! Você vai das praias mais lindas do verão europeu aos sítios arqueológicos mais antigos do mundo num só passeio… E ainda tem o toque de influência árabe que dá certo charme de choque cultural, para deixar a viagem ainda mais interessante 🙂

Mas se eu me apaixonei perdidamente pelo mar Mediterrâneo, boa parte da culpa é das outras duas ilhas do arquipélago de Malta: Comino e Gozo.

ilhas-de-malta-victoria-citadela-de-gozo
Victoria: Citadela de Gozo

Blue Lagoon: o paraíso em Comino

Praticamente inabitada, a ilha de Comino é tão furtiva que foi escolhida como cenário para a prisão do filme O Conde de Monte Cristo. A grande estrela de Comino é a belíssima Blue Lagoon (que não é uma lagoa mas é muito, muito azul). Um mergulho nessa praia já faz toda a viagem para Malta valer a pena ♥

ilhas-de-malta-praia-de-agua-clara-em-comino
Blue Lagoon em Comino

Diferente da maior parte das praias do Mediterrâneo, na Blue Lagoon a água é bem clarinha… Mais parece o mar do Caribe! Como a praia é numa parte mais recuada e cercada de pedras, não tem ondas e a gente consegue ver o quanto a água é inacreditavelmente transparente! Maravilhoso!

A ilha de Comino é bem pequenininha, tem apenas 2 km2 e fica no meio do caminho entre as ilhas de Malta e Gozo. Não tem muito o que ver em terra, mas você pode fazer pequenas trilhas para curtir a vista maravilhosa sobre a Blue Lagoon ou explorar as pedras que cercam a praia. Outra opção são os passeios de lancha para ver as grutas da ilha, bonitas também!

ilhas-de-malta-lancha-em-comino
Lancha em Comino

Passeio de escuna até Comino

Para chegar em Comino, você pode fazer um passeio de escuna ou pegar as barcas públicas (ferries). Também tem gente que contrata barco privado, acho que dá pra negociar isso no hotel.

Nós fomos com a escuna Oh Yeah Cruises, num passeio de 13 euros que vai das 11h às 16h30, partindo de Mellieha Bay (dica: fique nos bancos do lado esquerdo para pegar sombra). Nosso barco passou umas 3h na Blue Lagoon e depois fez uma segunda parada para mergulho em Anchor Chrystal.

ilhas-de-malta-blue-lagoon-em-comino
Blue Lagoon

A melhor parte é que a gente podia mergulhar do próprio barco, longe da muvucazinha da praia (a faixa de areia é pequena e fica concorrida na alta temporada). Entrar na água já na parte “alta” foi perfeito para a gente nadar à vontade e curtir o mar calmo e transparentes de Comino 🙂

Se preferir as barcas de transporte público, o ticket ida e volta custa 10 euros e você pode ver os horários no site Comino Ferries. São 2 pontos de embarque: Marfa (em frente ao Riviera Hotel) ou Cirkewwa (perto do terminal de barcas para Gozo).

ilhas-de-malta-barco-para-ilha-de-comino
Passeio de barco para Comino

Ferry boat de Malta para Gozo

Gozo (acho que a pronúncia é Gozzo, tipo “pizza”) é a segunda maior ilha do arquipélago de Malta. Também existem passeios de escuna para lá, mas acredite: Gozo merece um dia inteiro.

A melhor forma de fazer travessia entre as duas ilhas é o ferry boat que parte do terminal perto de Mellieha Bay. Se você tiver alugado carro, pode ir de carro e tudo (tem um “estacionamento” dentro da barca). Se for sem carro, a boa notícia é que Gozo tem um ônibus de sightseeing hop-on hop-off bem mais organizado (pontual, bem sinalizado) que o de Malta.

ilhas-de-malta-barcos-em-gozo
Em frente à estação das barcas

O embarque para passageiros sem carro tem uma pequena pegadinha: ninguém tem o costume de comprar o ticket da barca na ida. Todo mundo compra o bilhete ida-e-volta (€ 9,30) quando está voltando de Gozo para Malta. Na alta temporada, rola certo estresse quando os malteses começam a apressar os turistas desavisados que param na bilheteria e atrasam a fila de embarque. Entre direto e pague a passagem só na volta!

Em Gozo, a foto perfeita na Azure Window

Se a estrela de Comino é a Blue Lagoon, a estrela de Gozo deve ser a Azure Window, na vila de Dwejra. A pedra que forma uma “janela para o mar” se tornou um cartão postal de Malta e ficou ainda mais famosa quando apareceu em Game of Thrones. Todo fã da série quer ver o cenário deslumbrante em que Khal Drogo e Daenerys se casam.

o-que-fazer-em-malta-azure-window-em-gozo
Azure Window em Gozo

Se o mar não estiver agitado, aproveite para entrar na água tendo essa paisagem linda como pano de fundo – ali tem uma piscina natural conhecida como Blue Hole, que atrai mergulhadores e snorklers.

Resista à ideia de andar por cima do arco, mesmo que veja outras pessoas fazendo isso… O processo de erosão da pedra já está bastante avançado e é possível que a janela não aguente por muito mais tempo. Parece exagero, mas Aruba tinha um “arco natural” parecido que caiu em 2005 :O

ilhas-de-malta-mergulho-na-azure-window-gozo
Mergulho na Azure Window

Atualização: a Azure Window desabou em 8 de março de 2017, não resistiu à ressaca do mar depois de dias de tempestade em Malta. Nem as bases do arco existem mais… Uma notícia que deixou de coração partido todo mundo que conheceu ou sonhava em conhecer esse lugar lindo ♥

Restaurantes de frutos do mar

Uma das partes mais legais do nosso dia em Gozo foi o almoço em Xlendi, um vilarejo onde os restaurantes ficam literalmente na beira do mar (a praia não tem areia, então o mar está logo ali mesmo). Uma enseada pequena, água calma e clarinha, clima bem família, boa comida… Na minha opinião, Xlendi dá de dez a zero em Ramla, que é a praia mais famosa de Gozo (e a mais cheia também).

ilhas-de-malta-praia-xlendi-em-gozo
Restaurantes à beira do mar em Xlendi

Outro ponto com opções de restaurantes é Victoria, a Citadela de Gozo. Ali não tem vista para o mar mas dá pra ver toda a ilha do alto das muralhas. O centro de visitantes que fica na entrada da antiga fortificação foi todo modernizado e tem projeções gratuitas de um filmezinho sobre a história da ilha.

Na descida da Citadela, uma pequena descoberta que encerrou nosso dia com chave de ouro: esbarramos numa loja de vinhos e bebidas na rua It-Telgħa tal-Belt onde provamos pela primeira vez as cervejas Lord Chambray – melhor cervejaria artesanal de Malta. Fica a dica para pedir se encontrar nos restaurantes também! 🙂

ilhas-de-malta-cerveja-lord-chambray
Cerveja artesanal de Malta

9 comentários

  1. Comecei a me interessar por Malta depois que uma amiga foi fazer intercâmbio por lá! Parece ser incrível!!! 🙂

Deixe uma resposta