Caribe: praia e Balashi gelada em Aruba

Colaboração de Rafael Maia, que viajou para o Caribe na virada do ano.

O paraíso é azul. A sentença escrita assim soa como clichê, admito, mas é a primeira coisa que passou pela minha cabeça assim que coloquei os pés nas areias claras de Palm Beach e vi os incontáveis tons de azul claro do mar e do céu se tocando sofregamente no infinito. O paraíso na Terra existe e, repito, é azul. Trata-se de Aruba, simpática ilha a 24 Km da costa da Venezuela.

Aruba - Praia Palm Beach - foto de Rafael Maia para o blog Vontade de Viajar

Quando eu fui procurar um destino para as próximas férias, em primeiro lugar defini que deveria ser uma praia, onde eu andasse pouco, saísse do hotel direto na areia e que eu ficasse o dia inteiro jogado ao sol como um lagarto, bebendo uma cerveja gelada e sem nenhuma preocupação a não ser pegar a próxima bebida. Pesquisando aqui no blog Vontade de Viajar e ouvindo histórias de amigos que lá estiveram, me convenci de que Aruba era a melhor solução para uma semana de férias entre o Natal e o Ano Novo.

Destino escolhido, eu tinha agora que escolher entre um Resort All Inclusive (com café, almoço, jantar e algumas bebidas liberadas) ou um Resort apenas com o café da manhã. Escolhi a última opção, porque, embora se tornasse menos econômica, já que os restaurantes em Aruba são caros, me dava a liberdade de passear por aí e parar onde melhor me apetecesse para matar a fome.

Aruba - Coqueiros e barracas na praia de Palm Beach - foto de Rafael Maia para o blog Vontade de ViajarEu e minha esposa escolhemos o Holiday Inn, localizado em Palm Beach, a mais famosa praia local. O objetivo era ficar perto dos principais restaurantes e centros comerciais, para que eu não precisasse de transporte para nada.

O hotel é simples e feito para agradar americanos. Café da manhã repleto de gordura, com bacon, linguiças etc. As frutas não são coisas do outro mundo, afinal é uma ilha que importa quase tudo o que consome. Mas quem se importa? Eu estava no paraíso e para chegar lá bastava atravessar a recepção do Hotel, pegar minha toalha, uma cadeira e ficar ao sol como os inúmeros iguanas do lugar.

Aruba - Iguana - foto de Rafael Maia para o blog Vontade de Viajar

A cerveja

Um país não pode ser considerado um país de verdade se não tiver ao menos uma cerveja e uma empresa aérea. Ajuda se tiver uma equipe do futebol, ou armas nucleares, mas o mais importante é a cerveja.” Frank Zappa

Sou um grande fã de cervejas. Para mim, citando Benjamin Franklin, elas são a prova de que Deus existe e nos quer felizes. Por isso sempre que eu vou a um lugar procuro saber quais são as cervejas locais, porque, ao contrário do vinho, cervejas não são boas viajantes, portanto quanto mais frescas e próximas ao local de produção, melhor.

No caso de Aruba, a cerveja Balashi é mais que a cerveja local. É o orgulho nacional que estampa copos, camisetas e até baralhos. A visitação à cervejaria chega a ser um programa turístico, mas como eu só tinha seis manhãs para aproveitar a praia e o horário da visita era às 10h30min, desisti de ir à Balashi. Mas não se preocupe, ela vai a você, onde você estiver.

Em chope ou engarrafada, é uma cerveja simples. Sua falta de complexidade é compensada pela refrescância. Afinal o lugar é uma ilha repleta de praias ensolaradas. Quem quer uma cerveja gourmet? O sujeito quer é beber e se refrescar. Ponto para a Balashi.

Contudo, as cervejas importadas, especialmente da Holanda, do México e dos Estados Unidos são muito consumidas. Inclusive as cervejas Amstel Bright (holandesa) e Corona Light (mexicana), duas cervejas bem claras e que devem ser bebidas bem geladas, lideravam as vendas por lá até que a Balashi resolveu, mantendo sua tradicional fórmula também, lançar a Chill, mais clara e refrescante que a original. O resultado é que ela se tornou líder das vendas e colocou as coisas em seus devidos lugares. Portanto, se for a Aruba, Chill e Balashi sem medo.

Um lugar muito bacana para se visitar também é o Taste Of Belgium no Palm Beach Plaza. Além de uma excelente carta de cervejas belgas, tem um hambúrguer delicioso e um ambiente descontraído. Se for almoçar é fácil achar lugar, mas para o jantar aconselho reservar pelo site.

Arubianas, as ilegítimas

Outra curiosidade da “Ilha Feliz”, como é conhecida, justamente, Aruba, são as sandálias Arubianas. O sujeito mais desatento poderia tomá-las por Havaianas, por ser tratar de uma cópia das sandálias brasileiras. Marca, cor, tipologia e design das sandálias em tudo parecem um dos nossos mais famosos produtos de exportação. Tanto que as Alpargatas, donas da verdadeira marca, entraram com uma ação em corte internacional contra a imitação.

Mas como eu achei o maior barato a imitação e como todos têm Havaianas, resolvi tirar uma onda com as minhas ilegítimas Arubianas.

Aruba - Sandalias Arubianas - foto de Rafael Maia para o blog Vontade de Viajar

Os passeios

Continuando o relato, resolvi seguir a dica aqui do blog e fazer o passeio de submarino e o City Tour. São mesmo imperdíveis. Tanto a geografia e flora locais quanto o fundo do mar são lindos. Vale a pena cada dólar gasto. Não fiz nenhum passeio de mergulho, pois o eu queria era apenas sombra e Balashi gelada.

Os preços são caros, mas não impagáveis. Está tudo em dólar e você não precisa da moeda local – Florin Arubiano – para nada. No mais você pode ler aqui mesmo no Vontade de Viajar outras dicas sobre a ilha caribenha.

Aruba - Por do sol no mar - foto de Rafael Maia para o blog Vontade de Viajar

Eu recomendo a viagem. É um pôr do sol de arrancar aplausos, ao estilo do Arpoador. Se você gosta de praia, não pode partir dessa para melhor sem conhecer Aruba.

Leia também:
>> As melhores viagens do ano.
>> Um dia de sol em Punta del Este, no Uruguai.
>> Quatro dias em Los Angeles, com estúdios de cinema.

9 comentários

  1. Imagina, Rafa! A gente que agradece as dicas! Valeu por compartilhar suas histórias de viagem com a gente 🙂

  2. Rafael, você realmente nos deixa com vontade de pegar o primeiro avião para Aruba. Adorei as dicas. Parabéns pelo texto.

  3. Pelo jeito você queria umas férias mesmo sem maiores esforços, hehehe, mas tá certo, férias são férias. Será que não tem perigo dessa iguanas aí atacar a gente na beira da praia? hahaha
    Abraço

  4. Qual a melhor época para conhecer Aruba?
    Qual época do ano faz bastante calor/ verão em Aruba?
    Desde já agradeço

    1. Oi, Elisete
      Aruba tem temperaturas altas o ano todo e fica fora da rota dos furacões, então você pode ir despreocupada. O período de chuvas é de outubro a dezembro, mas mesmo as chuvas fortes costumam passar rápido.
      Tente ir fora dos meses de férias escolares para encontrar preços mais em conta 😉
      Abs e boa viagem!

Deixe uma resposta