NY: arte de rua no High Line Park

O High Line Park é um dos meus lugares favoritos para dar uma pausa na viagem e simplesmente não fazer nada – apenas descansar, ver o movimento de Nova York e apreciar o momento.

arte-urbana-no-high-line-park-ferrovia-que-virou-parque
Ferrovia que virou parque

O parque está localizado onde era uma ferrovia desativada, que servia para o transporte de carnes e aves para a ilha de Manhattan (o Chelsea Market ali bem pertinho não é coincidência). Desde que o projeto de restauração daquela área ficou pronto, em 2009, o High Line Park virou um dos maiores hits da Big Apple.

arte-urbana-no-high-line-park-beijo-kobra-em-ny
Beijo do V-J Day colorido pelo Kobra

Seus 2.3 km de extensão formam um espaço ao ar livre para os nova-iorquinos descansarem, passearem e admirarem a paisagem da cidade. Em pouco tempo, o parque se tornou também um cenário perfeito para a expressão da arte contemporânea e do graffiti na cidade, ainda mais por se localizar no lado oeste do Chelsea, o bairro onde há a maior concentração de galerias de arte do mundo.

arte-urbana-no-high-line-park-grafite-em-ny
Graffiti em NY

Ao longo do parque há uma variedade enorme de murais de street art que fazem parte do projeto High Line Art, um programa de arte pública que licencia e produz projetos de arte para o parque, com o objetivo de promover um diálogo produtivo com a vizinhança e a paisagem urbana.

arte-urbana-no-high-line-park-os-gemeos-em-ny
Os Gêmeos em NY

São vários outdoors na West 18h Street, filmes projetados nas paredes da West 14th Street, estátuas e intervenções artísticas por toda a parte. E o melhor: tudo isso está em constante mudança!

Durante meu passeio tive o agradável encontro com uma poeta de rua que, depois de bater um papo comigo por 5 minutos, me recitou lindas palavras e fez o meu dia ainda mais feliz!

Há também grafites de artistas urbanos famosos no mundo todo, como a clássica foto do beijo entre o marinheiro e a enfermeira na Times Square no final da Segunda Guerra Mundial, colorida na parede pelo brasileiro Eduardo Kobra, e o simpático gatinho do artista francês Monsieur Chat.

arte-urbana-no-high-line-park-mr-chat
Monsieur Chat em NY

Embalei meu passeio com uma paleta mexicana de abacaxi com jalapeño da La Newyorkina e aproveitei, já que não estava muito distante, para ir até o número 320 da West 21st Street e conferir o incrível mural que Os Gêmeos produziram com o pioneiro do street art, o americano Futura.

2 comentários

Deixe uma resposta