Lookout e CN Tower: o Canadá visto do alto

Vamos começar por uma torre baixinha, com modestos 130 metros. A Lookout Tower, em Vancouver, tem um elevador panorâmico que deixa a gente ver a cidade ficando cada vez menorzinha lá embaixo. A gente vai perdendo o folêgo à medida que a vista se revela: ao norte as montanhas cobertas de neve, a oeste o oceano Pacífico.

O legal é que Vancouver não é uma cidade tão grande assim, nem a torre é tão alta, então dá pra reconhecer as ruas, os prédios e os parques lá de cima. Mais legal ainda é que o ingresso ($ 15 dolares canadenses, $ 10 para estudantes) vale por um dia inteiro, então você pode voltar à noite para ver a cidade iluminada.

Torres do Canada - Lookout Tower em Vancouver
Vancouver vista da torre

Em um dos últimos andares tem um restaurante giratório – pra você apreciar a vista em todos os ângulos. Meu orçamento na época da viagem não permitiu um jantar desse naipe mas, se você quiser experimentar, dá pra fazer reservas online.

Já em Toronto, fica a CN Tower – grande ícone canadense – muito mais alta e mais cara também (a partir de $ 24, mas vale a pena).

Torres do Canada - CN Tower em Toronto

A CN Tower tem 553 metros no total, mas o observatório fica a 447 m do chão. Foi idealizada na virada da década de 70 pela Canadian National Railway, que queria resolver constantes problemas de comunicação decorrentes do crescimento da cidade e exibir a força da indústria canadense.

No fim das contas, a torre logo passou a lucrar mais com o turismo do que com as operações propriamente ditas.

Torres do Canada - Vista da CN Tower em Toronto

A CN Tower também tem elevador panorâmico (sendo que esse é super rápido) mas o que dá frio na barriga mesmo é o trecho que tem piso de vidro a 342 metros do chão! Se isso não for suficiente pra você ficar com medinho, planeje a sua viagem para o período entre maio e outubro, quando dá pra fazer a Edge Walk.

A brincadeira é assim: você veste os aparatos de segurança e fica preso no alto da torre por um cabo ao lado de mais cinco amiguinhos e um guia. Aí vocês passam meia hora contornando toda a torre pelo lado de fora e se pendurando a 356 metros. Que tal?

Quem começou com isso foi a Sky Tower, que fica em Auckland, na Nova Zelândia, e tem praticamente metade da altura. Em 2011, Toronto aderiu e passou a ser o único lugar das Américas a oferecer uma atração assim. O ticket de $ 175 dólares canadenses inclui vídeo e fotos da sua aventura, além de um certificado que atesta que você é macho pra caramba 😀

8 comentários

  1. Eu li, fiquei com medo. Resolvi ver o vídeo, me desapontei ao ver que a pessoa só se pendura. Cadê a emoção de se jogar lá de cima e desafiar a morte?? Eu curti. Deu vontade! =)

  2. Nossa!!!!! Não teria chance de alguém me botar neste negócio mesmo!! estou com medo só de pensar nisso!!!!!!!!!!!

  3. Ola Fernanda, conheci seu blog de viagem recentemente e gostei muito do conteúdo, das imagens e das dicas, viajei algumas vezes. No seu perfil você diz que fez intercâmbio no Canadá, você pode me informar qual foi a escola, pois este ano ou 2017 quero fazer um curso de Inglês no Canadá e gostaria de uma indicação de escola.
    Parabéns pelo blog! Desde já agradeço sua atenção

    1. Oi, Kerly! Tudo bom? Eu estudei na Vancouver English Centre e gostei bastante. Além do curso de inglês tradicional, eles têm algumas eletivas bem interessantes 😉 Aproveita pra viajar um pouco por lá, o Canadá é um país lindo! Bjos

Deixe uma resposta