Tive o privilégio de visitar Buenos Aires outras vezes antes, mas confesso que só aprendi a gostar de La Boca na terceira viagem que fiz para lá.

La Boca - Turistas no Caminito

Talvez a culpa tenha sido minha mesmo – pois, das primeiras vezes, a minha passagem pelo bairro foi só com city tours que mal dão tempo de descer do ônibus para tirar aquela mesma foto que todo mundo tira no Caminito e aquela outra fingindo que está dançando tango.

Na última viagem foi diferente! Eu e minhas amigas pegamos um grupo de walking tour recomendado pelo nosso hostel. A guia nos levou de transporte público até La Boca e então passeamos à pé pelo bairro, batendo papo e vendo os grafites pelo caminho.

La Boca - Grafites em Buenos Aires

É um bairro cheio de cores, e é uma delícia andar observando as janelas e paredes super vivas.

Com o grupo, visitamos o estádio do Boca Juniors, que eu também não tinha conhecido antes. Foi apelidado de “La Bombonera” por ser pequenininho e retangular como uma caixa de bombons.

La Boca - Estadio do Boca Juniors

A arquibancada fica super perto do gramado e, à medida que a bola se aproxima do gol, a emoção da galera é tanta que os torcedores sobem pelas grades que cercam o campo.

No passeio guiado pelo estádio, a gente brinca de recriar a cena, mas meus amigos que foram assistir a uma partida do “superclassico” Boca Juniors vs. River Plate disseram que não tem nada que se compare à adrenalina!

La Boca - O estadio La Bombonera

A visita vale a pena mesmo para quem não é fã, simplesmente porque o futebol é uma parte importante da história do bairro e da identidade do país.

O museu do estádio mostra uniformes, vídeos de partidas históricas e taças conquistadas pelo time. Os guias do estádio não falam português, mas capricham no portuñol 😛

la-boca-casas-coloridas-de-camino

Mais adiante nos separamos do grupo (que parou num restaurante para almoçar e ver tango de rua) e continuamos a andar por ali por conta própria. Não é um bairro muito seguro para circular fora do eixo turístico, então nós nos mantivemos nos trechos mais movimentados.

Achei bem legal entrar nas lojinhas e vilas de La Boca não apenas para olhar souvenirs – quadros e coisas vintage – mas principalmente para ver como são as casinhas típicas por dentro.

La Boca - Casas coloridas feitas de casco de barco

Construídas pelos imigrantes italianos e espanhóis com restos de materiais encontrados no porto, muitas das casas eram feitas de tábuas de madeira e placas de metal.

Era uma área muito pobre e sem infraestrutura até que, na década de 1950, foi revitalizada e ganhou o colorido tão característico que fez do Caminito um cartão postal portenho.

Veja ofertas de hotéis em Buenos Aires no Booking.com

La Boca - Rua com artistas no Caminito

Mais perto da orla do Riachuelo, há várias barraquinhas de artesanato e joias de prata. É justamente porque esse rio desemboca no Rio de la Plata que a região ganhou o nome “La Boca”.

Antes de ir embora, paramos para comer alguma coisa. Os restaurantes em La Boca são todos muito turistões, mas ainda assim prefiro as performances de tango de rua promovidas por eles que aqueles espetáculos de jantar e show para gringos verem.

La Boca - Lanchonete em que Maradona tomava cafe da manha

Nós escolhemos uma lanchonete simples para comer umas empanadas com cerveja Quilmes (claro, né? Não poderia ser outra!). Depois descobrimos que Diego Maradona, no início da carreira, gostava de tomar café da manhã ali.

Podem falar o que for, mas todo mundo que vai à capital argentina acaba visitando La Boca. É um lugar que tem personalidade própria, é um bairro que faz parte do charme de Buenos Aires. Mas não adianta passar por lá com pressa, bom mesmo é se permitir descobrir as cores portenhas.

la-boca-linha-do-trem-caminito

Leia também:

Café e história na Avenida de Mayo
Recoleta, o bairro rico de Buenos Aires
Share

 

4 Comentários

  1. Muito bom seu blog, nossa estou morrendo de vontade de conhecer Buenos aires, eu estive a três meses atrás em Foz do Iguaçu, aproveitei para conhecer Puerto Iguazú na Argentina, conhecemos um casal que faz serviços privativos, e nos levaram em tantos lugares, como a feirinha, vinotecas e provei um tal de bife de chorizo Argentino. NOSSA ! é muito bom! Agora quero conhecer Buenos aires, com certeza vai ser nossa próxima viagem, suas Dicas são muito boas. Obrigado.

Exibir Comentários

Close