O que fazer em San Francisco

Contribuição da Iara, arquiteta e atriz, que visita as primas na Califórnia sempre que pode.

São Francisco é uma cidade cativante. É fresca (sempre venta muito) e tem o céu azul quase todos os dias. A impressão que me dá, a cada viagem, é de que seria uma cidade deliciosa para morar. As pessoas de lá são incríveis também, sem medo de falar com você no meio da rua e muito interessadas pelo resto do mundo.

Para completar esse clima bacana, eles têm um cuidado enorme com suas atrações turísticas, o que faz os passeios ainda mais agradáveis. A cidade não é muito grande e os pontos turísticos não são tantos assim, mas esses aqui são os meus preferidos:

San Francisco - AlcatrazAlcatraz

Sou uma turista teimosa que deixou de ir a Alcatraz nas primeiras 3 vezes que visitou a cidade. Achava que era programa chato, conhecer uma prisão. Mas eu estava errada. A ilha que abriga o antigo presídio tem uma vista linda da cidade logo no caminho até o pavilhão principal, jardins lindos e super bem cuidados, além de cantinhos informativos (ver onde os presos mortos eram queimados é bem mórbido, mas a exposição é extremamente informativa).

O grande destaque é o audio-tour, narrado por três guardas e três prisioneiros que estiveram realmente na prisão. Mesmo disponível em várias línguas (inclusive português), vale a pena se esforçar um pouco e pegar a versão original em inglês. As histórias contadas por eles ganham uma vida incrível, é como ver um filme se passando no prédio visitado.

Bondinho

Os bondes de São Francisco são famosos e valem a pena por si só. É um passeio delicioso de verdade. A linha Powell vai de uma área turística (Union Square, onde estão todas as lojas famosas) para outra área bem turística (Fisherman’s Wharf, o porto, cheio de restaurantes famosos e lojas de souvenir). Pra voltar, a linha de trem “F Line” (parte do Muni, sistema de transporte da cidade) vai do porto para o centro comercial passando por outro trajeto. Os trens dessa linha são todos antigos e vindos de vários lugares do mundo, é sempre uma surpresa qual trem vai aparecer.

San Francisco - SFMoMA (foto de Patrick Dirden)

SFMoMA

Gosto muito do prédio, do arquiteto espanhol Mario Botta. Os espaços interiores são lindos. O acervo do Museu de Arte Moderna de San Francisco não tem grandes destaques (tem “A Fonte”, do Duchamp, que eu sempre gosto de ver), mas aí entra em cena novamente o cuidado que eles têm com os detalhes: o audio-guia é um iPod Touch, com informações sobre os quadros na tela (você pode ouvir ou ler) e alguns quadros têm conteúdo interativo. Também vale conhecer o terraço de esculturas, que tem cafés e lugares pra sentar.

???????????????????????????????Golden Gate

A ponte linda e vermelha pode ser vista de vários pontos da cidade. Como San Francisco fica na Costa Oeste, é incrível ver o sol se pôr atrás da Golden Gate, dentro do mar. Muito bonito. Outra coisa legal é atravessar a ponte de bicicleta. Dá pra ir até Sausalito, gracinha de cidade que fica do outro lado. No próprio lugar que aluga bicicletas você pode comprar a passagem de barca para a volta. Vale a pena a visita.

San Francisco - Academy of Sciences - FlorestaCalifornia Academy of Sciences

Reserve um dia inteiro para o Golden Gate Park, um parque urbano imenso (20% maior que o Central Park, em NY) que vale a visita. Faça um pic-nic (acompanhado de esquilos, por favor) e visite o incrível prédio da California Academy of Sciences, que fica bem em frente ao museu de belas artes De Young, outro espetáculo da arquitetura contemporânea.

Dentro da California Academy of Sciences tem dois cilindros: um é uma floresta tropical indoors (com bichos, plantas e um aquário subterrâneo) e o outro é um planetário virtual. Os ingressos para o planetário são limitados, então é bom chegar cedo para garantir o seu. Uma visita ao telhado do prédio, de gramado verde, também é imperdível.

San Francisco - Palace of Fine ArtsPalace of Fine Arts / Exploratorium

Remanescente de uma exposição internacional, o Palace of Fine Arts tem um estilo “greco-romano” fake. Ainda sim, é realmente lindo. Mas verdadeira preciosidade da cidade fica atrás dele. O Exploratorium é voltado para o público infantil (eu fui pra lá com minha priminha) mas é desses lugares em que dá vontade de empurrar as criancinhas pra brincar também. É um galpão bem grande com muitos (muitos!) experimentos científicos de todo tipo.

[Atualização: o Exploratorium agora funciona no Pier 17 de San Francisco, com uma vista linda da Baía e perto do Aquarium of the Bay. Veja as direções no site oficial]

Gostou da ideia de visitar Alcatraz? Leia também o post “Lado a lado com o crime”.

15 comentários

  1. Adorei! Esse vai ser meu roteiro!
    Tem alguma dica de estadia boa e barata em SF? Estou pesquisando hotéis e achando tudo caro e de baixa qualidade. Obrigada!

  2. Olá!! O post da Iara é o que há de SF. Antes de ir no início desse ano, peguei várias dicas com ela!! E todas suuuuperrr certas! Amei a cidade.

    Já hotel barato não é uma coisa muito fácil de se conseguir na cidade, principalmente em temporadas de férias. Fiz uma pesquisa muito grande antes de reservar o meu, inclusive para saber a melhor região da cidade para ficar. Acabei ficando num hotel super perto da Union Square, o que é perfeito, já que de lá vc pode pegar o bondinho, o cable car e o street car. O hotel é o Beresford Ams (http://www.beresford.com/arms/ ou http://www.booking.com/hotel/us/beresford-arms.pt.html).

    Não é tão barato, mas possui uma boa relação qualidade x preço. Como sou meio fresca, não curto muito ir para albergues e esse atendeu perfeitamente o que eu queria. Boa loclização, atendimento bom e limpeza muito boa. O café é parco e apenas para constar, mas numa cidade onde é difícil encontrar hotéis com café, até que deu para o gasto!

  3. Das poucas cidades que realmente me interessam conhecer. Talvez pela mística do Verão do Amor – aliás, não tem nada na cidade que lembre essa época?
    Bj

    1. Tem um bairro chamado Haight-Ashbury que foi o centro hippie da cidade. É onde ficam as casas onde moraram Jimmy Hendrix, Janis Joplin etc. Hoje tem brechós, restaurantes, tabacarias, uns hippies e punks perdidos no tempo… Tinha uma loja ótima de CDs usados mas acho que fechou.

      Nessa área tem o “´Panhandle”, que é uma tripa de parque saindo do Golden Gate Park onde as pessoas se encontravam. Essa área ainda é bastante usada pelos moradores nos fins de semana, com pic-nics etc.

      Adoro andar por essa parte da cidade, é sempre surpreendente e divertido imaginar o passado.

  4. De nada Nanda:)
    O Haight-Ashbury e mt bacana mesmo! Qdo estive lá vi um grupo de pessoas que eram os típicos hippies parados no tempo. Nunca achei q ainda fosse ver isso por lá!

  5. Muito bom. Acrescento que se vc alugar um carro, $40 doletas por dia, você tem várias opções de passeio por perto, 1h30 de carro: Mt Diablo, ponto culminante da Bay Area, 40min. Sonoma e Napa Valley, onde você encontra grandes vinícolas, inclusive a primeira da California, também a de Coppola, onde há um museu sobre o diretor. 1h30min ao sul, você pode ir pela Highway 1 até Santa Cruz, belíssima estrada litorânea, e em Santa Cruz, você tem uma versão menor do Boardwalk park de Long Beach, LA. Tudo tendo como base San Francisco, onde você acertou em cheio.

  6. Só complementando as curtas viagens de 1 hora e meia, tem tambem Bodega Bay, local onde foi filmado “Pássaros”, de Hitchcock. Voce pode fotografar a escola, a igreja e o restaurante Tides, todos locações do filme. Se pintar fome, sugiro o Supd Point Crab Company, que faz diariamente a melhor clam chowder soup.

  7. Gostei muito de ler este blog e como vou visitar a cidade em Setembro apreciei esas imagens e escrita.Mas agora como vou visitar mais outras cidades, como Las Vegas, San Diego e Santa Mónica ficaria agradecido publicação de escritos sobre estas ciadades, pois acrescentaria algo mais aquilo que já li.
    Obrigado e um ate já

Deixe uma resposta