Como andar por São Petersburgo: avenida Nevsky Prospekt

Dá para conhecer São Petersburgo a pé? Dá. Você gasta muita sola de sapato, mas dá. As pessoas da cidade estão muito acostumadas a fazer tudo andando, então sempre que você pede informação recebe instruções de como ir a pé.

Uma vez perguntei especificamente pelo metrô e ouvi a moça me dizer, na maior naturalidade: “você pode até pegar o metrô, mas não é longe, são somente uns 40 minutos de caminhada”. Na minha terra, 40 minutos é longe sim e já justifica pagar uma passagem (justifica até um taxi, ora bolas!).

Sao Petersburgo - Catedral do Sangue Derramado na Russia
Catedral do Sangue Derramado

A verdade é que o metrô de São Petersburgo é bom e eficiente mas nem sempre tem uma estação perto de onde a gente quer ir. Então, apesar de ser uma cidade bem grande, se faz quase tudo a pé mesmo.

À pé pela Nevsky Prospekt

O maior ponto de referência é a Nevski Prospekt, avenida bem movimentada, com muitas lojas e opções de restaurantes. andando por ela, a gente percebe como a cidade é jovem. Tem sempre gente de patins, bicicleta, skate, patinete… É uma alegria!

Sao Petersburgo - Catedral de Kazan na Nevski Prospekt - dicas de viagem no blog Vontade de Viajar
Catedral de Kazan na Nevski Prospekt

A partir da Nevski Prospekt se podem visitar alguns dos pontos turísticos mais famosos de São Petersburgo, como o Museu Russo e a Catedral do Salvador sobre o Sangue Derramado (chamada assim por ter sido construída no local onde o Tsar Alexander II foi morto).

Pois é, não é só em Moscou que tem catedral com suspiros coloridos em cima… E essa de São Petersburgo consegue ser ainda maior e mais cheia de detalhes!

Sao Petersburgo - Catedral do Salvador sobre o Sangue Derramado
Catedral do Sangue Derramado

Uma das regiões mais bonitas da avenida é perto da Ploshchad Ostrovskogo (ploshchad significa praça, em russo), onde se vê a estátua de Catarina entre o prédio da Biblioteca Nacional da Rússia e o Teatro Alexandrinsky, o mais antigo do país, construído em 1756.

Mas a maior vantagem de andar a pé por São Petersburgo é que a gente descobre pequenas surpresas aqui e ali – como a placa, logo no primeiro quarteirão da Nevski Prospekt, que testemunha o Cerco de Leningrado, ofensiva do exército nazista durante a II Guerra Mundial.

Sao Petersburgo - Teatro Alexandrinsky
Teatro Alexandrinsky

Não tinha ninguém por ali quando chegamos mas, à medida que me viam fotografar a placa, as pessoas paravam para ler o aviso que dizia: “Cidadãos! Durante bombardeios este lado da rua é particularmente perigoso”. Logo abaixo, a placa branca acrescenta que a pintura foi mantida em memória da população de Leningrado.

O cerco, que durou quase 900 dias, provocou a morte de mais de 1 milhão de habitantes e quase destruiu a cidade inteira. É emocionante passar por ali, não dá nem pra começar a imaginar tudo pelo que esse lugar passou…

Sao Petersburgo - Placa do Cerco de Leningrado na Nevski Prospekt - dicas de viagem no blog Vontade de Viajar
Placa do Cerco de Leningrado

Dicas para aproveitar mais

Uma dica importante é reservar um tempo entre uma atração e outra, pois nessas longas caminhadas você pode demorar para chegar. Em maio, quando eu viajei para a Rússia, estava fazendo muito calor e às vezes a gente ainda parava para beber uma água ou tomar um picolé. Imagino que nos meses frios o mesmo valha para um café.

Dicas para viajar pela Russia - Calor ceu azul e picole na primavera russa
Picolé na primavera russa

Outra coisa que pode fazer diferença é planejar com antecedência os seus roteiros para evitar deslocamentos desnecessários. Se você está em determinada região da cidade, é melhor ver de uma vez tudo o que fica ali perto do que ter que voltar para aquela área depois.

Nas situações em que for usar o metrô, valem as mesmas dicas que já rolaram aqui no blog sobre o metrô de Moscou.

Sao Petersburgo - Estacao de metro - dicas de viagem no blog Vontade de Viajar
Estação de metrô em São Petersburgo

Walking tours em São Petersburgo

São Petersburgo também tem duas empresas que fazem “free walking tour” cobrindo um roteiro básico do centro da cidade: a Feel Free Tour e a New Generation Tours. Assim como aqueles famosos free tours da Europa, esses passeios não têm preço pré-estabelecido e no final cada um paga o quanto pode ou o quanto acha que vale.

Sao Petersburgo - Predio de arquitetura art nouveau
Arquitetura art nouveau na Nevsky Prospekt

Mas os tours russos têm uma grande diferença: eles exigem reserva com antecedência. Aliás, não conseguimos fazer o tour justamente por causa disso… Resolvemos na véspera, não deu tempo de confirmarem o agendamento pelo site e ninguém atendeu o número de telefone na manhã do passeio.

Fomos para o ponto de encontro no horário, mas ninguém apareceu… Enfim, se alguém conseguir, conta pra gente como foi!

Sao Petersburgo - Propagandas pintadas na calcada - dicas de viagem no blog Vontade de Viajar
Propagandas estampadas na calçada

Uma última dica: não se distraia com a arquitetura deslumbrante de São Petersburgo a ponto de não reparar as propagandas pintadas nas calçadas! Tem de tudo, desde setas indicando a lanchonete Subway mais próxima até anúncios de garotas de programa, passando por lojas de tênis importados. Coisa mais engraçada!

Leia também:

Peterhof, o palácio mais lindo da Rússia
Museu do Arcade Soviético, um fliperama de época
Visto, câmbio e seguro viagem para a Rússia
Roofers: liberdade nos telhados de São Petersburgo

16 comentários

  1. Gostei mto deste post, pois vou conhecer São Petersburgo em Jan e quase ñ encontro publicações sobre lá. Sobre seguro viagem, quem pode me indicar um boa empresa? Abç

    1. Oi, Hélio! Que bom que gostou do blog! Ainda tem vários posts sobre São Petersburgo vindo por aí 🙂 Não deixe de dar uma olhada nas dicas para andar de metrô na Rússia, pois ajudam muito (http://wp.me/p4eMct-1yy).

      Sobre o seguro, alguns dos mais renomados são ISIS, Tourist Card, Mondial, GTA e Allianz, mas alguns planos de saúde aqui do Brasil também têm assistência internacional (Unimed, por exemplo) e alguns cartões de crédito oferecem seguro gratuitamente a quem compra a passagem no cartão. Vale a pena checar todas as suas opções!

      Abraços e boa viagem!

  2. São Petersburgo é uma cidade mto legal … Fui recentemente a trabalho e aproveitei para curtir um pouco.

  3. olá! uma amiga foi à rússia, à trabalho, e disse que, tanto em moscou quanto em são petersburgo, não é todo mundo que fala inglês e que é meio perigoso também. isso é verdade? obrigada!

    1. Oi, Carol!
      É verdade que quase ninguém fala inglês, mas honestamente não senti insegurança nas ruas, não… É só tomar cuidado com pickpockets (como em qualquer destino no mundo) e não dar conversa para estranhos que ficam abordando os turistas (como em qualquer destino do mundo, acontece em Paris também!).

      Fora isso, é bom ter um mapa nos dois alfabetos e ficar hospedada perto de uma estação de metrô também ajuda, para não ficar circulando à toa e perdida por aí.

      Já estou preparando um post com dicas práticas para quem quer viajar para a Rússia (http://wp.me/p4eMct-1SR), tem uns macetes para entender o idioma também! Fica de olho aqui no blog 😉
      Beijo e obrigada pela visita

  4. Oi Fernanda, parabéns pela iniciativa, muito legal desvelar infos tào legais sobre a Rússia

    Quero fazer uma viagem este ano para S.Petersburgo e gostei da dica de ter um mapa das 2 línguas, isto se consegue em hotéis ou compro no Brasil?

    Nos locais turísticos, há explicaçòes em inglês? Há museus legais sobre as guerras/militar?

    Te agradeço muito se puder e ajudar.
    Abs
    Nicola

    1. Oi, Nicola! Valeu pela visita ao blog, fiquei feliz com o seu comentário!

      Em São Petersburgo pegamos um mapa no hostel. Tínhamos um de Moscou no Guia Passo a Passo da PubliFolha que compramos aqui antes de ir mas depois reparamos que o jeito que esse livro transcreveu os nomes não estava 100%… Só não deixa de pesquisar como ir do aeroporto/estação para o seu hotel antes de ir.

      São Petersburgo é um pouco mais amigável para turistas, tem algumas plaquinhas em inglês aqui e acolá. Atrações top como o Hermitage têm audioguia e palácios como Peterhof (http://wp.me/p4eMct-1uA) têm ao menos um folheto em inglês.

      Mas é em Moscou que ficam os principais museus sobre guerras, inclusive o Museu da Cosmonáutica (http://wp.me/p4eMct-1Jw), que pega a corrida espacial da Guerra Fria. Também gostamos do Museu de História Moderna, que é gigante, tem artefatos e uniformes de todas as guerras do século mas as informações em inglês são mínimas, normalmente só uma folhinha de resumo em cada sala.

      Em São Petersburgo, algumas opções legais pra você que gosta do tema são o Museu das Forças Submarinas, o Museu Naval (use o tradutor do navegador pq o site é todo em inglês), e o navio-museu Aurora, da guerra contra o Japão.

      Me empolguei na resposta, né? rs Fica de olho aqui no blog pq ainda vão rolar vários posts sobre a Rússia!
      Abs!

  5. Ola, vc sabe dizer se na Rússia a gente consegue, como em toda a Europa, comprar um SIM Card usando apenas o passaporte. Eu já fiz um monte de buscas e não encontro nada q me ajude. Queria chegar em Moscou sabendo oq procurar e onde… Você consegue ajudar com isso??? Teve experiência com esses planos quando foi? abs

    1. Oi, Marceli! Não cheguei a usar chip de celular na Rússia. Sei que o blog Viagens Across the World tinha um artigo bem completo sobre isso, mas infelizmente a página está fora do ar… Talvez você possa tentar encontrar no próprio aeroporto ou no GUM, que é um shopping enorme na Praça Vermelha.
      Abs e boa viagem!

  6. Fernanda, vi seu post e anotei várias dicas!
    Gostaria de saber se você tem algum ponto de referencia do local da placa do cerco de Leningrado? É que cheguei na cidade ontem e gostaria de visitar o local 😉
    Obrigada
    Vanessa

Deixe uma resposta para Carol Braga Cancelar resposta


Close