Para quem quer apreciar o que há de mais cool no design – seja na moda, decoração ou arquitetura – a Escandinávia é o destino ideal. Não posso dizer que seja um destino acessível do ponto de vista econômico, mas a rica experiência nesta região compensa qualquer preço um pouco mais salgado.

Loja da Wood Wood, em Copenhagen.

Loja da Wood Wood, em Copenhagen.

Por lá você irá respirar o melhor do design em sua simplicidade e elegância incomparáveis. Celeiro de grandes designers, como Hans J. Wegner, Louise Campbell, Eero Saarinen e Nanna Ditzel, nota-se um quê de vanguarda nos trabalhos, uma ousadia sem exageros que surpreende.

Apesar de os três países que visitei – Noruega, Dinamarca e Suécia – inicialmente me passarem uma imagem única, eles são totalmente diferentes em tudo, o que torna difícil escolher apenas um como destino. Não falam a mesma língua, nem se comportam da mesma forma. Cada país tem uma “vibe” peculiar e um jeito só seu. Bom mesmo seria passar uns 15 dias em cada lugar para descobrir aqueles segredos que só os locais conhecem.

Em frente à Cykelfabrikken, loja de bikes em Copenhagen (imagem via)

Falando de Noruega, o que mais me chamou a atenção em Oslo foi o fato de ser uma cidade jovem, pouco turística, extremamente limpa e organizada. Sério, é algo acima de tudo que vi no resto da Europa e da própria Escandinávia, e essa visita me deixou extremamente exigente com tudo! A gastronomia atende até os mais exigentes paladares, os moradores são simplesmente encantadores, gentis e alegres o tempo inteiro, e a arquitetura é de babar!

Modernidade é o sobrenome dessa capital e as coisas parecem estar só começando. Obras próximas à Ópera anunciam que mais construções incríveis irão surgir muito em breve e tornar aquela região uma das mais bacanas do planeta. Linda! Uma verdadeira inspiração para os apaixonados pela arquitetura moderna. Junte a isso pessoas nada afetadas, mas com um estilo super cool. O máximo!

Sede do banco DNB (imagem via)

Passando para Copenhagen, na Dinamarca, é interessante observar como a arquitetura mescla construções extremamente antigas com outras bem contemporâneas. A meu ver, Copenhagen se destaca pelos projetos de interiores. Decoração e iluminação são o ponto forte. Os objetos de design para a casa são de deixar qualquer um doido. Eu não sou uma pessoa muito ligada em utensílios para cozinha e afins, mas confesso que não conseguia resistir e ficava namorando cada vitrine.

Segundo os escandinavos, a explicação para essa mania está no clima. O fato de terem um inverno rigoroso e longo os leva a passar muito tempo em casa, e por isso eles capricham na decoração. Faz todo o sentido!

Comprar móveis pode ser um pouco complicado, ainda que algumas lojas possam entregar por navio no Brasil, mas outras peças de decoração e iluminação são bem possíveis.

Estilo da Escandinavia - Tine Mouritsen em Copenhagen

Lâmpadas Tine Mouritsen (imagem via)

Em Copenhagen você poderá notar um clima mais festivo do que nas outras cidades e um espírito mais livre. Vitrines coloridas mesmo na moda masculina. Os dinamarqueses me pareceram seguros de si e confiantes para usar de tudo e sempre com uma bossa bem interessante.

Procure conversar com algumas pessoas com as quais você se identificar e pedir dicas de marcas locais. Eles são extremamente gentis e ficarão muito felizes em ajudar. Se sentem prestigiados por ver que temos tanto interesse pela cultura e pelos produtos produzidos por eles.

Para os fãs de bicicletas a cidade é um verdadeiro encanto e não faltarão produtos legais. Eles pedalam para todo o lado e a bike é certamente o principal meio de transporte, com a facilidade do relevo plano.

Chegando a Estocolmo, capital da Suécia, você notará que a moda é um fator primordial. Os homens são ainda mais elegantes que as mulheres. Os cabelos dos suecos são simplesmente um caso de estudo à parte. Impressionante como conseguem manter os fios bem cortados e arrumados. É para observar e se inspirar. Note como o cabelo compõe a aparência como um todo.

O estilo dos suecos é uma das maiores referências da atualidade e isso é notável especialmente nos bairros mais descolados e elegantes, seja à noite ou mesmo num domingo à tarde.

Certamente é um excelente destino para quem quer dar um up no guarda-roupa. Há lojas fast-fashion (como a H&M, marca originalmente sueca) e todas as grandes marcas mundiais, além de lojas locais incríveis e descoladas como a Tiger of Sweden, que é um verdadeiro sucesso pela Europa.

Os suecos são definitivamente mestres na elegância e isso os torna ainda mais atraentes. Enquanto observa o estilo dos homens e tenta absorver um pouco dessa maestria você certamente irá apreciar a beleza das mulheres nórdicas que apesar de magras possuem belas pernas e um corpo bem feminino e curvilíneo. Tudo muito lindo de se ver!

O difícil é se segurar para gastar pouco!

A arquitetura de Estocolmo e as cores do outono sueco
Dicas de lojas e cafés em Copenhagem e outras capitais
Share

3 Comentários

  1. lais trazzi disse:

    Gostei do post porque nele está enfatizado o estilo dos “nórdicos”, elegantes e chique, tudo de qualidade… Na Dinamarca encontrei o povo mais lindo que já vi. Provavelmente você também vai gostar da Finlândia, o finlandês tem muito estilo!

  2. […] também: >> Design e moda: especialidades da Escandinávia >> Roteiros de apenas 12 horas em Copenhagen e outras cidades top >> O colorido outono […]

  3. Juliana disse:

    A Escandinávia é tudo de bom!

Exibir Comentários