Colaboração de Taiz Costa, advogada apaixonada por Paris, que viajou para a França em março.

Paris oferece opções infinitas para quem curte um bom museu, muito além do trio Louvre, Orsay e Pompidou. Procurando fugir das opções turísticas mais óbvias, mas sem abrir mão dos clássicos que eu adoro, seleciono aqui 5 dos melhores museus de Paris – preciosidades para inspirar quem sonha em ir e quem já pensa em voltar à Cidade Luz!

Museu d'Orsay (via)

Museu d’Orsay (via)

1. Museu Nacional da Idade Média

O acervo de arte medieval reunido no museu é respeitável e inclui as misteriosas tapeçarias da série La Dame à La Licorne, um conjunto de seis peças que foi recentemente restaurado e faz valer a visita ao museu. O entorno do Musée de Cluny também é um charme – adoro andar pelo Quartier Latin e observar o movimento da universidade, além dos bares e restaurantes da Boulevard Saint Michel.

2. Museu Rodin

Este museu é fantástico. Pequeno, charmoso e acolhedor. Os belos jardins são uma atração à parte. O Museu Rodin reúne inúmeras esculturas do mestre, inclusive O Pensador. Minha preferida é a intitulada O Beijo (Le Baiser), um enlace de um casal apaixonado. Esta obra, que parece viva, é de uma ternura contagiante.

Museus de Paris - O Beijo no Museu Rodin

O Beijo no Museu Rodin

3. Museu Martmottan Monet

O Martmottan exibe exposições temporárias que reúnem grandes mestres impressionistas, como Renoir, Cézanne, Degas e Monet, às vezes com obras de coleções privadas que normalmente não podem ser vistas pelo grande público.

4. Casa de Victor Hugo

No coração do Marais, a visita aos apartamentos em que o grande escritor habitou entre os anos de 1832 a 1848 é um convite a desvendar os talentos do gênio que foi Victor Hugo. Após a uma volta pela bela Place des Vosges, impossível resistir a um passeio pelas ruas do Marais para se encantar com o charme das lojas e galerias da região.

► Hotel ou albergue?
Procure as melhores opções de Paris no Booking.com
Place des Voges (via)

Place des Voges (via)

5. Museu Carnavalet

Após visitar a Casa de Victor Hugo, se ainda lhe sobrar apetite cultural, uma boa pedida é o Carnavalet, o museu da cidade de Paris, que conta a rica história da capital francesa, com uma ala dedicada aos episódios mais dramáticos, como a Revolução Francesa.

Leia também:
>> Rouen, um passeio de um dia na Normandia
>> Uma “caça aos tesouros” pelas ruas de Paris

Share

5 Comentários

  1. Carla disse:

    Bacana! Eu incluiria o Museu de L’Orangerie nessa listinha.

  2. […] Colaboração de Taiz Costa, parisiense de coração e estilo, que também escreveu aqui sobre os museus de Paris. […]

  3. Sophia disse:

    Eu incluiria o super “Musée des Arts et Metiers”, para os nerds como eu!

  4. […] de tudo isso há muitas dicas bacanas como:  Museus de Paris além dos óbvios, 3 lugares para ver o muro de Berlin e como economizar na […]

  5. Não visitei todos eles, mas AMEI o Carnavalet que infelizmente é o mais esquecido… Gostei tb bastante do Marmottan Monet mas só recomendo pra super fãs de Monet ou quem tem muito tempo na cidade pq é muito fora de mão! http://boo-box.link/1TB9H

Exibir Comentários