As estações de metrô são normalmente vistas como meros pontos de passagem no dia-a-dia atarefado das pessoas. Mas às vezes vale a pena parar entre um passeio e outro para apreciar a arquitetura e descobrir a história por trás de cada estação, especialmente quando se trata do metrô de Paris!

Em Paris, uso o metrô para tudo quanto é canto da cidade e sempre reparo em todas elas! Várias foram desenhadas para celebrar a arte ou grandes acontecimentos da França e chamam atenção por seu design único.

A ideia de criar instalações culturais nos metrôs de Paris nasceu em 1968 graças a André Malraux, um escritor e politico francês, que propôs transformá-las em lugares que pudessem contar a história da cidade para moradores e visitantes.

Das mais de 300 estações do metrô de Paris (são 14 linhas e mais 4 em planejamento!), essas são aqui as minhas 6 preferidas, que não devem passar batido para quem tá viajando pela capital francesa:

1. Estação Bastille (Linha 1)

Metro de Paris - Estacao Bastille

Composta por afrescos de momentos marcantes da Revolução Francesa, esta estação retrata os principais acontecimentos deste período histórico para a França, desde o começo das ideias liberais até a Queda da Bastilha, que levou ao fim da monarquia absolutista no país.

2. Estação Abbesses (Linha 12)

A estação Abbesses é famosa pelo portal vintage e a placa “Metropolitain” no melhor estilo Art Nouveau, assinado pelo arquiteto Hector Guimard. Uma das principais estações do bairro de Montmartre, Abbesses é um dos cenários do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain 🙂

3. Estação Palais Royal – Musée du Louvre (Linhas 1 e 7)

Se Abbesses é a mais retrô, a estação Palais Royal – Musée du Louvre se destaca pelo que tem de moderno. Esta boca do metrô localizada na Praça Colette é enfeitada por enormes bolas de vidro desenhadas pelo artista francês Jean-Michel Othoniel. Contrasta perfeitamente com todo o estilo clássico dos edifícios ao seu redor.

4. Estação Concorde (Linha 12)

Quem olha rápido acha que é um caça palavras nas paredes da estação, mas na verdade está escrita a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, um dos textos centrais da República Francesa, defendendo o direito à liberdade, a igualdade perante à lei e outros princípios fundamentais da França moderna.

5. Estação Arts et Métiers (Linha 11)

Metro de Paris - Estacao Arts et Metiers

Decorada com a mesma temática do Musée des Arts et Métiers, museu dedicado as grandes inovações tecnológicas do mundo, esta estação surpreende a todos em Paris. A inspiração veio do submarino Nautillus, de uma das obras literárias mais famosas do francês Jules Verne, Vinte Mil Léguas Submarinas.

6. Estação Passy até Bir-Hakeim (Linha 6)

Metro de Paris - Estacao Bir-Hakeim

O que mais me encanta aqui não é uma estação em si, mas sim o caminho percorrido pelo metrô entre estas duas estações. Esse trecho oferece uma das mais belas vistas de Paris, podendo-se admirar a Torre Eiffel e o Rio Sena. Para aproveitar ao máximo a viagem é importante se colocar do lado esquerdo do metrô na direção Nation ou do lado direito quando a direção da linha for Charles de Gaulle-Étoile, na linha 6.

Share

2 Comentários

  1. […] de lá é possível avistar a entrada da estação Palais-Royal-Musée du Louvre, uma das mais pitorescas do metrô de Paris, e seguir […]

  2. […] Uma de suas séries mais conhecidas, e que representa bastante sua obra, está logo na primeira sala da exposição: as Quatro Estações. As obras desse período mostram muito do modernismo europeu e da art nouveau – conversam com certos trabalhos de Gaudí em Barcelona e com a arquitetura de Paris na virada do século 20 (lembra daquela placa clássica do metrô de Paris?). […]

Exibir Comentários